Mete a Colher - Clique e veja essa Metida de Colher

    Flatulência vaginal: quem nunca?

    13.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: Dicas, POP

    1

    Sexo é a ação mais íntima que duas pessoas podem realizar juntas. Isso porque no decorrer da relação algumas coisas estranhas podem acontecer. Entre estas situações inusitadas, uma das mais desconfortáveis para a mulher é a flatulência vaginal. Vai dizer, quem nunca passou por aquele momento constrangedor em que sua vagina ~solta um pum~?

    Pois é, não precisa ficar envergonhada não! Isso pode acontecer com qualquer mulher, como explica Paula Milena, formada em Fisioterapia pela Ucsal, especializada em Fisioterapia Uroginecológica, Coloproctológica e em Sexualidade.

    Segundo a especialista, a flatulência vaginal nada mais é do que “gases que entram e saem pela vagina. Ela ocorre em algumas posições sexuais e em maior quantidade quando o músculo do assoalho pélvico encontra-se mais enfraquecido e ou flácido”.

    1

    Essa flatulência pode acontecer durante o ato sexual como também depois da relação, então não se assuste se isso um dia acontecer com você. Mas, se isso ocorre com grande frequência e te incomoda, Paula alerta: “seu médico deve sempre ser consultado, e se essa flatulência acontece por causa da fraqueza muscular ele te encaminhará para um fisioterapeuta uroginecológico”.

    1

    Ela é legal, mas é feia… e meus amigos apelidaram ela de “willow”! o que eu faço agora?!

    13.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: E-mail do internauta

    1

    Bom pessoal, tô ficando com uma menina que não é muito bonita mas está muito afim de mim. O problema é que meus amigos apelidaram ela de willow por ela ser baixinha e ter um pouco a aparência do personagem, isso me chateia, porque as vezes eu viro motivo de piada como : “tá ficando com a willow cara… tá necessitado heim.” tipo isso, mas tinha deixado claro que não gostaria de ouvir mais esse tipo de piada a respeito dela e de mim, outro ponto da questão é que eu gosto de tá com ela, ficar com ela, dar uns amassos… enfim, mas não estou apaixonado por ela, até sinto vergonha as vezes por não querer nada sério, já não sei oque faço, vocês poderiam me dar algum conselho? 

    Ouwwnnn ti lindu! É claro que você tá apaixonado por ela, só tem que parar de pensar com a cabeça dos outros e ser autêntico. Eu acho que depois que você assumir algo sério com moça, seus colegas irão se tocar e parar de falar bobeira. Nessa vida é muito mais importante dar valor a essas qualidades que você citou que ela tem, do que pra beleza física... pois um dia essa beleza acaba e aí o que você vai fazer com uma pessoa que não é bacana feito sua peguete?! Pare de dar ouvidos para seus colegas e se dedique a esse possível relacionamento, pois eu acredito que tem de tudo para ser feliz!

    Olha só Guerreiro, eu já penso diferente da Neguinha, cara. Se o fato dela ser feinha te incomoda tanto ao ponto de nos enviar um e-mail, é sinal de que não ama ela verdadeiramente... tudo bem que dar uns pegas na nossa cabeça de homem, não tem nada a ver em assumir um relacionamento sério, sabemos separar bem as coisas, mas como será que a bichinha encara essa pegação toda?! Acho que você tá correndo um risco muito grande de magoar uma mulher bacana... então se não quer nada sério com ela, não dê continuidade a pegação!

    Eu...

    Loading ... Loading ...

    virgindade, xuxa e piada sem graça

    12.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: Canal Mete a Colher

    Participem nos comentários! Enviem suas sugestões para [email protected] . E é claro, se inscreva no canal e não deixe de nos acompanhar no  FacebookTwitter e Instagram

    Apoio:

    1

    UPGRADE “30 dias, 30 sexos”!

    12.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: Dicas, Publieditorial

    1

     

    Ai gente... pra conseguir bater a meta da aposta "30 dias, 30 sexos" não está sendo fácil não! Pois existem dias em que não nos sentimos nem um pouco atraente e consequentemente sem tesão algum. Foi em um dia desses que me lembrei de uns "Corsets" que a Loveria havia enviado para mim e que estavam - não sei por que!!! - guardados no fundo do armário. Pois bem, minha gentennn... esse trem faz milagres, levanta até defunto! kkkk Imagino que a grande maioria das mulheres já tenham ideia do potencial que o corset tem, mas para as desavisadas como eu... fica a dica!

    Ai, ai, ai... assim essa Nêga danada mata o papai! A aposta já é um sonho, assim então... conseguiria bater a meta em um dia só, se não fosse o couro esfolado do companheiro aqui! ehehehehe Sendo bem sincero, eu nunca tive a experiência pra saber como era ter uma mulher produzida nesse nível para uma noite de prazer... mas agora sei que vale a pena o investimento! APROVADO, SUPER APROVADO... MEGA APROVADO!

    1

    Garoto da Porta ao Lado [parte IV]

    12.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: Dicas, Samantha Silvany

    Apresso o passo quando vejo o elevador se fechando. Prédios antigos, sabe como é, sempre demoram muito. A essa hora da noite e depois de duas garrafas de vinho, os três lances de escada seriam um verdadeiro desafio. Arrependo-me assim que puxo a porta. Interrompi o beijo. Ele me olha de cima a baixo, e sorri. Tenho a sensação de que esperava por mim. A loira agarrada a seu pescoço me abre um largo sorriso, nem um pouco encabulada com a blusa aberta e o seio enrijecido exposto no sutiã rendado. Daqueles brancos, quase transparentes, quase nus. Simpática demais para o meu gosto. E bonita; olhos claros, lábios fartos. Um rosto quase angelical, se não fosse pelo vermelho do batom e dos olhos. Retribuo com um aceno de cabeça e me esgueiro até o canto do elevador. Eu sei que poderia, mas sinceramente não quero evitar esse ardente constrangimento. Parte de mim anseia que continuem o que estavam fazendo antes da minha intromissão.

    A subida se inicia e ele imprensa a loira na parede com as mãos no seu quadril lhe beijando o pescoço. Prendo o ar, finjo indiferença, mas esses cinco segundos nunca me custaram tanto. No instante que a solta, me fita nos olhos. Tem aquela expressão de quem não precisa de muitas palavras, de quem te engole a alma com um sorriso, e goza da sua inocência. Mantenho-me firme, na súplica silenciosa de que continue. Ele aperta o botão de emergência num ato displicente, quase como quem sequer percebesse o que acabara de fazer, e o elevador para de súbito. Justamente quando havia chegado ao nosso andar. Não faço qualquer menção de que vou reclamar. Aliás, nem eu e tampouco a loira que o puxa de volta aos beijo e às pressas.

    Fico ofegante, não sei exatamente o que estou sentindo. Com a nuca arrepiada e o coração acelerado, não consigo tirar os olhos de seus movimentos fortes nas coxas dela. Imagino sua respiração tão perto e seu pau duro lhe pressionando. Imagino-a se ajoelhando diante dele e abrindo-lhe a calça. Imagino-a abocanhando seu pau inteiro em movimentos precisamente determinados por sua mão agarrada aos cabelos dela. Mas suas palavras fazem da minha fantasia, uma realidade ainda melhor:

    - Vou te fazer minha puta… – ele ordena ao pé do seu ouvido, embora não fosse um sussurro. Abre as pernas dela, já trêmulas, e põe a mão por baixo de sua saia – mas só se você estiver molhada.

    Ela geme de prazer com seus dois dedos lhe tocando e rebola apoiada na parede.

    Ele continua…

    - Você é uma puta, sabia? Mal te toquei já tá toda molhada! Vadia. – vai metendo cada vez mais rápido, beijando-lhe os seios, pressionando-a com mais força.

     Ela sequer resiste ou se afasta. Desliza para perto de mim naturalmente me provocando. Ele retira os dedos pingando da buceta dela e mostra na minha direção.

    - O que eu faço com ela agora?

    Engulo em seco, uma pontada fina me apunha-la o peito; estou encharcada.

    - Chupa. – respondo sem rodeios.

    Ele sorri de forma descontraída, quase infantil. A loira morde os lábios, definitivamente gosta da minha sugestão.

    - Aqui não. – e assim pressiona o botão de emergência, fazendo com que a porta do elevador se abra.

    Sem pressa, ele adentra ao nosso corredor. A loira o acompanha sem dizer uma palavra, com os seios à mostra e os saltos na mão. Tão submissa quanto sexy. Ela era a puta dele, e eu queria ser ela.

    Penso em agarrá-lo pelo pescoço, gritar umas boas verdades sobre a vida, e sobre a audácia de fazer isso comigo. Quero xingá-lo dos maiores palavrões e apontar o dedo na sua cara. Tenho essa indignação lógica por ter mexido com meus pudores, me exposto a seus odores. Tenho esse apelo de recompor minha moral dilacerada por ter entrado em seu jogo. Sinto-me humilhada pelo meu apartamento vazio que ecoa os gemidos do seu quarto ao lado. Mas a minha calcinha molhada parece zombar de mim. E o ardor que me sobe as pernas também parece zombar de mim. De repente, percebo que não tem que ser assim.

     Eu não quero que seja assim.

    Passo à frente deles, destranco minha porta e ordeno:

    - Hoje vai ser no 301.

    Samantha-Silvany2*Samantha Silvany também tem um Blog chamado Bendita Cuca, e vale muito a pena visitar!

    Minha mãe de 50 anos, com um moçoilo de 17!

    12.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: E-mail do internauta

    1

    Boa noite casal, me chamo Karen, tenho 21 anos e faz bastante tempo que acompanho o site de vocês! Minha história é um pouco complicada, e é o seguinte: meus pais se separaram faz uns 4 anos e desde então moramos somente eu e minha mãe (sou filha única). Como minha mãe é bastante caseira e não curte sair pra lugar algum compramos pra ela um tablet pra que ela pudesse entrar na internet, ver vídeos e passar o tempo. Aí é que começou o problema, mais ou menos há uns 2 meses atrás ela conheceu um cara no facebook e começou a manter contato com ele através deste e de telefone, ela me contou que estava conversando com ele e me disse que ele tinha 21 anos. Eu já fiquei meio assim porque o cara tinha a minha idade, mas nunca me intrometi na vida dela e não tenho nenhum preconceito em relação a idade, então fui ver o tal facebook do cara e ele não tinha foto de perfil e nenhuma informação a respeito, fiquei meio temerosa e falei pra ela tomar cuidado porque podia ser um malandro e tudo mais. Com isso ela já brigou bastante comigo, disse que eu tava querendo destruir a felicidade dela, que não ia mais falar com ele e a culpa era minha, etc. Desde então não comentei mais nada sobre o assunto pra não gerar discussões, o problema maior ainda é que ela deixou escapar que na realidade ele não tem 21 anos e sim 17, mais uma vez tentei conversar com ela e dizer que isso poderia acabar mal por ele ser menor de idade e ela uma mulher de quase 50 anos, e novamente ela não quis me ouvir e houve mais discussão.

    Então eis que o cara some por uns 4 dias, não entra no face, não liga pra ela e ela fica toda preocupada e consegue descobrir através de uma amiga dele que ele foi internado e teve de fazer uma cirurgia as pressas… mais alguns dias sem notícias e a mesma moça comunica a minha mãe que o tal moçoilo faleceu. Agora minha mãe está toda depressiva, só chora, não come, não faz mais nada porque ele morreu e vive pelos cantos dizendo que ninguém sabe pelo que ela está passando. Já tentei consolar ela de todas as formas possíveis, mas nada adianta. 

    Pra falar a verdade eu não acredito nessa história, tá mais pra novela mexicana e fico muito puta porque ela não vê o quão ridículo é o que ela está fazendo!!! Conheceu um cara pela internet, nunca viu o mesmo pessoalmente e depois dizem por aí que ele morreu ( o que eu duvido muitíssimo) e ela fica depressiva!

    Me ajudem eu realmente não sei mais o que fazer pra contornar essa situação, sinto que daqui a pouco ela se mata por causa disso.

    Poxa... fiquei até com dó da sua mãe, mas infelizmente não há mais nada a fazer. Bom, pelo menos é isso o que eu acho... sua mãe já tem idade suficiente para saber distinguir as situações que são boas ou não para ela, e se por acaso for mentira essa história do boyzim dela... o problema é dela de se permitir ser tão ingênua assim! Não sei se você percebeu, mas os papeis estão invertidos nessa relação mãe-filha e quanto mais você bater de frente com ela, pior será! Deixe que ela perceba o erro sozinha e aprenda! E por favor, continue com essa postura cética... não alimente a fantasia dela.

    Ahhh... deixa a sua mãe fazer as escolhas dela Karen! Isso aí não deve passar de uma briguinha boba de apaixonadinhos virtuais! Logo, logo o carinha ressuscita e pra você vai sobrar o papel de megera! Como a Neguinha disse... ela já tem idade suficiente para assumir as escolhas dela. Ok, você realmente quer fazer algo por ela?! Então tente entrar em contato com o jovenzinho, mas não deixe ele saber quem é você! Pegue as provas que sua mãe precisaria para voltar a realidade e mostre, simples! Caso contrário, respeite sua mãe e o jovem defunto!

    Eu...

    Loading ... Loading ...

    Calcinha anti-estupro

    11.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: Vídeos

    Já pensou em usar uma calcinha anti-estupro?! Aí está a solução para algumas situações de risco… seja uma bebedeira na balada, um boa noite cinderela, um encontro às cegas, uma corrida em um parque… uma ideia maravilhosa!

     

    Amo minha namorada mas sou louco por asiáticas!

    11.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: E-mail do internauta

    1

    Ola neguinha e more…. tudo bem com vocês?

    Bom, o meu caso é o seguinte…. Eu sempre fui um nerdão e magricelo que não pegava nenhuma garota (pra vocês terem ideia, eu tomei fora de todas as garotas que eu era apaixonado… mas nem um beijinho de consolo eu conseguia), mas então, no tempo do colégio, eu fui loucamente apaixonado por uma garota do tipo asiática, este realmente foi o meu primeiro amor, mas foi algo platônico, só conversávamos pela internet (eu enchia o saco dela pela orkut e msn) mas sempre tínhamos boas e divertidas conversas.. na vida real, a gente trocávamos algumas palavras, mas ficava só nisso, porque eu era muito tímido. No final da historia, ela teve vários outros namorados e eu ficava só observando tudo de longe… o colégio acabou, a faculdade começou e terminou e eu só pensava nela (eu tenho certeza que isso virou uma obceção). Mas meus sentimentos por ela não eram só sacanagem, eu realmente queria vê-la feliz, mesmo que não fosse comigo, mas ela não saia da minha cabeça.
     
    Depois de uns tempos, eu conheci uma garota linda, mas muito linda mesmo pela internet e começamos a namorar (estamos juntos a mais de 1 ano)… Ela é tudo aquilo que eu sempre queria como namorada: ela é inteligente, meiga, tem uma família incrível, ela é uma menina muito boa, autruista, engraçada, etc. O seu único defeito é o ciúmes doentio, mas com relação a isto, nos estamos nos acertando pouco a pouco. Eu realmente amo minha namorada, não tão intensamente como a outra, mas eu a amo do meu jeito… eu quero fazer um futuro com ela, me sinto muito bem com ela, mesmo com os nossos problemas e diferenças, eu faço de tudo para vê-la feliz e eu realmente estou investindo nesta relação como se fosse a minha primeira e ultima.
     
    Mas o problema é… o fantasma da japonesa ainda me assombra. As vezes eu me vejo perdido pensando nela, queria saber como ela está (mesmo não mantendo contato com ela desde o ensino médio)… e por mais que a minha namorada seja linda e eu sinta muita atração por ela, eu sou louco por asiáticas. A minha neguinha sabe que eu já fui apaixonado por essa asiática, mas não tão intensamente, se não ela faria um inferno, e ainda mais ela nem sabe que eu sou louco por asiáticas… Eu fico com peso na consciência porque eu penso em estar “traindo” a minha namorada, ou ainda tenho mais medo de ter este fantasma na minha cabeça pelo resto da minha vida e nunca poder pensar 100% na minha neguinha. 
    Outra coisa, é normal você namorar uma loira e ser louco por uma asiática? Isso não seria um pouco errado ou propenso a uma traição? (isso não é o meu caso, eu sou seguro de mim com relação a um compromisso sério).
     
     
    ps: mando discretamente uma foto delas pra vocês entenderem melhor o meu caso, mas deixa em off. Desde já eu agradeço e um grande abraço.
    Mário

    Linda sua namorada Mário! Mas você já deve saber que amor não vive só de beleza, né? Então... sugiro que resolva essa questão com o fantasma do passado antes que esse relacionamento se torne mais sério. Peça um tempo para sua namorada e só depois disso tente contato com a asiática, abra seu coração para ela, conte tudinho... desde o colegial. Nunca se sabe... vai que ela também sente algo por você! Ou não... e é só escutando esse "não" dela, que será capaz de seguir em frente. Você precisa fazer algo... só não dá pra continuar vivendo com esse "e se?"

    Mas que magrelo nerd de sorte! Com todo respeito, mas sua namorada é um pitelzinho, heim! Cara, me colocando em seu lugar... não pensava duas vezes! Continuaria investindo na sua loira, essa história de asiática já deu no que tinha que dar... ou seja, nada! Se tivesse que rolar, teria rolado na época! Esquece isso e facilita sua vida. Pedir um tempo para ir atrás de uma história que sequer aconteceu é muito  arriscado e maldade com a loirinha. Se coloque no lugar dela e imagine como se sentiria, com certeza ficaria feliz em saber que sua namorada está deixando o passado no passado! Pense bem e nos conte o que decidiu!

    Eu...

    Loading ... Loading ...

    Quer resolver seus problemas de relacionamento?! É simples…

    11.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: Bruna, Dicas

    1

    Na semana passada, conversamos um pouco sobre o que temos oferecido ao nosso parceiro. A ideia era que pudéssemos avaliar se não estamos cobrando demais dele, sem que estivéssemos oferecendo o mesmo em troca. O importante aqui é perceber que relacionamento é troca, é acrescentar na vida da outra pessoa.

    Neste post, gostaria muito de começar a pensar com vocês, sobre como tentar SER a pessoa que você gostaria que estivesse ao seu lado.

    É muito comum no início do relacionamento que um ou outro, ceda as vontades do parceiro e acabe deixando de lado, algo que gosta de fazer. Por exemplo, a mulher gosta de sair com as amigas para dançar ou mesmo para um bar, mas como o parceiro não gosta da ideia dela sozinha com as amigas, ela deixa de ir… Sei que muitas vão dizer que não, mas ao menos a frequência desses encontros irão, aos poucos, diminuir. O mesmo vale para o cara, que deixa de sair com os amigos (observe bem esse ponto, os homens quase nunca deixam de sair com os amigos por que a mulher não gosta).

    A diferença comportamental entre homens e mulheres é gritante em alguns pontos. Mas entenda que ao apontar que “os homens quase nunca deixam de sair com os amigos”, eu quis frisar a atitude… e sinceramente, eu acho muito positiva (desde que ele vá apenas pelos amigos, pela distração)! E esse exemplo de comportamento é muito recorrente, eles serão sempre fieis ao que eles gostam, ao que eles acham certo e seja o que Deus quiser…por que as mulheres não são assim? O que falta ou sobra, nas mulheres que as impedem de se manterem firmes diante de uma escolha (fazer ou não fazer para agradá-lo).

    A diferença aqui é muito simples, e não, não é questão de se importar ou não com seus sentimentos ou de querer aproveitar a vida de solteiro… a questão é que homens são muito mais seguros de si do que nós, mulheres.

    Há casos de insegurança masculina? Claro! Quando ele a convence a não sair com as amigas, quando ele pede para trocar a roupa curta (sim, isso ainda acontece), quando ele não apresenta ela aos seus amigos, quando vigia suas redes sociais (ok, isso os dois fazem), quando ele não a encoraja a mudar de emprego ou a voltar a estudar…

    Insegurança é um problema comum no relacionamento e pode atingir a ambos, mas há dois tipos de insegurança. Aquela que é sua (você consigo mesma) e que gera um dano emocional enorme e aquela que é menos danosa (dos outros com você), originada pela possessividade e imaturidade.

    A insegurança menos danosa, conhecida como “ciúme” (em grau menor ou maior) pode ser trabalhada no dia a dia. Se seu parceiro é uma pessoa insegura, procure mostrar o quanto está feliz com a relação, passe segurança para ele. Como fazer isso? Apresente-o (a) aos seus amigos, converse com ele sobre o seu dia no trabalho, seja uma pessoa aberta. Observe se não tem dado motivos para alimentar a imaginação já fértil do seu parceiro. O ciúme não deve ser alimentado ao contrário do que dizem. Lembre-se que por mais que você ache “bonitinho” demonstrações de ciúme, o seu parceiro sofre realmente e com o tempo, a confiança dele já vai estar tão abalada que qualquer “vento” poderá derrubar o castelo inteiro.

    Se você é a pessoa ciumenta da relação, procure expor quais são as atitudes dele que te fazem mal, e procure um acordo entre vocês. Lembre-se que se ele está com você é porque ele quis, dentre todas as outras, ele escolheu você!

    Agora, a insegurança que trazemos dentro de nós é importante ser tratada. Como deve ter percebido, uma acaba sendo consequência da outra.

    Quando eu não confio em mim, se acho que não sou tão inteligente como deveria, tão educada, tão bonita, tão boa em alguma área, se acho que não sou tão interessante como gostaria, eu sempre ficarei a margem de mim mesma.

    Procure conhecer suas qualidades, no que você é boa? Qual parte do seu rosto é mais bonita? Qual parte do seu corpo? Qual área você gosta de trabalhar e faz isso bem? Vamos lá, faça esse exercício comigo! Você já deve ter lido milhares de vezes isso, o famoso “valorize o que você tem de melhor”, eu quero mais: Se valorize, você é o que tem de melhor!

    Quando mudamos nossa forma de nos ver, conseguimos melhorar infinitamente a forma como o outro nos vê. Quando temos auto confiança, conseguimos impor limites, ganhar a admiração e sim, atrair pessoas (melhor se for seu próprio parceiro)!

    Quando somos seguros de nossas capacidades (de conhecer novas pessoas, por exemplo) não ficamos tão arraigados a ideia de que preciso do outro para ser feliz, aprendemos que somos capazes de ficarmos bem sozinhos e que podemos sim, conhecer outras pessoas se for o caso, mas sempre por opção, pelo o “outro” ser uma boa opção para gente.

    Missão da semana:

    1 – Avaliar quais pontos da minha vida me deixam insegura e como melhorá-los.
    2 – Mudar minha postura física! Essa semana, tente melhorar a sua postura. Ombros retos, peito p frente e barriga para dentro. Olhar reto e cabeça erguida… eu sei, eu sei, parece bobo! Mas a imagem que você passa é tão importante quanto a que está formando internamente. Seja confiante, apareça mais!
    3 – Fale mais essa semana. Mas fale com a voz firme e em um tom mais alto do que o habitual (pelo amor de Deus, não vá chegar gritando nos lugares heim!). Seja ouvida.

    Estarei por aqui, esperando seu comentário e torcendo pelo sucesso da sua missão! Até semana que vem.

    Bjos

    bruna

    mete todo dia?!

    08.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: Canal Mete a Colher

    Participem nos comentários! Enviem suas sugestões para [email protected] . E é claro, se inscreva no canal e não deixe de nos acompanhar no  FacebookTwitter e Instagram

    Apoio:

    1

    Tem como ser ex gay?

    07.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: Dicas, Felipe Batista

    1

    Primeiramente, antes de falar de ex gay, falarei do que é ser gay. No meu texto “Sair ou não sair do armário, eis a questão”, já expus o tema, mas vale a pena relembrá-lo. Por mais que muitos ainda condenem é orientação sexual, não opção! Ninguém escolhe ser gay, nascemos assim. Essa ideia é bastante clichê, porém mostrarei dados pra provar isso, pois essa explicação não convence a todos.

    Estudos de genética apontam que orientação sexual pode estar relacionada a características genéticas, foi levado em consideração as características de adultos que se tornam gays e algumas características em crianças desde a infância. (30% das meninas e de 50 a 80% dos meninos com essa herança genética se tornariam gays). Esse estudo mostra que ser gay não está relacionado a identidade dos pais, estrutura familiar ou fatores ambientais. Portanto, isso é um comportamento natural apenas seguimos a nossa essência que é uma herança por mais que alguns os vejam como “maldita”.

    Farei uma analogia com uma frase da roqueira Pitty “É uma agressão dizer para o bicho não caçar”. Do mesmo modo que estamos ferindo a natureza do animal o proibindo com que ele siga o seu extinto de caçar, castrando suas vontades. Vejo como uma agressão dizer para um gay “Ser hétero” se nascemos assim, seguirmos essa vontade e tristemente somos crucificados.

    Ano passado toda a comunidade brasileira foi surpreendida com o projeto cura gay. Para aqueles que não sabem o que é, explicarei. Em 1999, O Conselho Nacional de Psicologia (CNP) proibiu os profissionais da área oferecerem tratamento com o objetivo de curar a homossexualidade quem o desobedecer é processado podendo até ter seu diploma caçado. Entretanto, um projeto de lei do deputado João Campos suspende essa proibição. O projeto foi aprovado pela Comissão dos Direitos Humanos o qual tem como líder, Marcos Feliciano. Explicarei os motivos os quais esse projeto é completamente incoerente. Segue abaixo o primeiro artigo da constituição federal de 1988:

    Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

    Baseado nesse artigo, estabeleceu-se como obrigação do Estado Brasileiro o respeito ao principio da dignidade o humana que se mostra como o maior dever entre tarefas do estado. Esse projeto contradiz o direito a liberdade, diversidade, pluralidade e igualdade sem preconceito. Não para por aí, porém não está de acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos. A seguir o seu segundo artigo:

    Toda pessoa tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidos nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, língua, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento, ou qualquer outra condição. Com base nessa declaração, todos nós temos os mesmos direitos, mesmo sendo distintos independentemente de qualquer condição. Cadê o direito de ser diferente? Se com um projeto insano como este tenta-se “eliminar” a diversidade das orientações sexuais? Eu não sei quem foi mais insensato se foi quem o criou ou aprovou. Fica explicito que não conhecem a Constituição Brasileira nem os Direitos Humanos.

    Quando soube do assunto a primeira coisa que veio em mente foi, qual é o objetivo dos políticos? Achei que fosse criar leis para o bem comum de todos, melhorar as condições de vida do seu povo, por isso eles são eleitos para nos representar e lutar pelos nossos direitos. Além do mais quem são eles pra querer derrubar uma proibição do Conselho Nacional de Psicologia sendo que nenhum deles tem formação na área? Acredito que qualquer pessoa que tenho um mínimo de juízo não chega a tanta audácia. Fico a me questionar “Quais foram os argumentos usados pra defender a criação desse projeto que não tem nem pé e nem cabeça”? Ainda mais por um político com a formação em engenharia aeronáutica e aprovado por um teólogo.

    A ciência ainda não entrou em um acordo se é possível a mudança de orientação sexual, novos estudos são realizados, porém a “receita” ainda não foi criada. Abordarei algumas pesquisas: Uma pesquisa da Universidade da Columbia realizada pelo psiquiatra Robert Spitzer apontou que é possível que homossexuais tornem-se heterossexuais, a caso se esforcem pra isso. Na pesquisa realizada com 200 gays que tinha procurado mudar de orientação, 66% dos homens e 40% das mulheres atingiram seus objetivos. No congresso de psicologia do mesmo ano, outro estudo de dois psiquiatras de Nova York feito com 202 gays com o mesmo propósito, resultou com o fracasso de 178 e apenas 6 conseguiram a desejada mudança de orientação. Os realizadores da pesquisa concluíram o seu fracasso, pois requer esforços deixar de ser gay.

    Conclui-se com a resposta do título da matéria “tem como ser ex gay?”. A minha resposta é diferente da dos psiquiatras. Creio que a intenção deles era “Sim, se eles reprimirem essa vontade e a negarem”. Retomo a frase da Pitty “É uma agressão dizer para o bicho não caçar” É possível domesticar e adestrar alguns animais silvestres, só leva tempo e esforço, pois é necessário negar seus instintos e se adaptarem a outra realidade. Nós gays somos a mesma coisa se tentarmos “enjaular” o nosso homossexualismo, alguns conseguiram outros não. O que não deixa de ser uma agressão ou perversidade impor uma “cura” para algo que como foi explicado é natural. Tenho uma proposta pra reformulação desse projeto de lei assim torna-se muito mais interessante, que tal ao invés de tentarem criar a cura gay por orientação psicológica, não ser trabalhado com a nossa aceitação?! É mais simples e menos polêmico sem mencionar que a nossa natureza é respeitada.

    felipe-batista

    Olha a novidade! nós agora vamos responder suas perguntas diariamente lá no vlog mete a colher!

    06.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: Dicas, E-mail do internauta, Post Dele

    1

    Recebemos emails picantes, interessantes, diferentes, engraçados, curiosos.. que merecem ser respondidas também, mas como não possível atender a todos em texto, vamos fazer através de vídeos! Até por que através da escrita não conseguimos dar a mesma ênfase que gostaríamos, então decidimos criar um novo Canal no Youtube só pra isso, vai se chamar VLOG METE A COLHER e criamos também um WhatsApp [61 9846.7096] aonde vocês poderão nos fazer as perguntas e pedidos que quiserem!

    Vai funcionar da seguinte forma, você acessa o seu WhatsApp e faz uma pergunta por VOZ, isso mesmo, tem que ser por VOZ, não precisa falar o nome de vocês se não quiserem, ou podem inventar um nome e por favor, tentem fazer perguntas rápidas. Pronto, feito isso, é só aguardar, que sua bela história de amor ou de desamor poderá ser comentada por este maravilhoso casal aqui! kkkkk

    E quem quiser continuar enviando suas participações por email, pode ficar tranquilo, que o envio vai continuar da mesma forma. Para perguntinhas rápidas e tal… o WhatsApp [61 9846.7096] é bem melhor, já em casos mais longos e complexos, o e-mail é a melhor opção.

    Imagino que estão se perguntando sobre o Canal né? Pois bem, o canal vai continuar da mesma forma, tendo vídeo toda terça e sexta. E o VLOG Mete a Colher vai ser diário e com uma pegada um pouco mais séria, mas sem esquecer aquele nosso lado meio engraçadinho e sacana – mas tudo na medida, ok?!

    Pra finalizar, eu gostaria de contar com o apoio de todos vocês na divulgação deste VLOG, entrem todo dia, por que além do Môre que vai encher meu saco com temas polêmicos que eu proibia ele de falar no nosso canal… eu também vou tentar falar dos assuntos de uma maneira diferente. Então corre lá pro VLOG METE A COLHER e se increva, pois em breve começaremos a postar os vídeos, mas é em breve mesmo! Bjs

    Cada hora meu namorado arruma uma desculpa pra não morarmos juntos… e agora?

    06.08.14 Postado por Neguinha | Categoria: E-mail do internauta

    Olá tenho 27 anos e o meu namorado 24, estamos juntos há 3 anos. Já fui casada (quase 9 anos de relacionamento bem traumático) e eu sou a primeira tudo dele. Somos um casal parceiros conversamos sobre tudo, ele diz que me ama muito e sonha em ter um futuro comigo, porém ele não faz nada pra provar isso.

    Quando tocamos no assunto de morar juntos ele disse que queria porém o salário dele não era suficiente para manter uma casa e ele tinha medo de não dá conta. Daí ele conseguiu um emprego novo há 2 meses e está ganhando super bem. Então voltamos no assunto e o argumento dele é que mesmo ganhando bem tem a faculdade que faltam 2 semestre para acabar e querendo ou não é despesa! Mas o engraçado é que com a rescisão do ultimo emprego ele quitou a faculdade.

    Pois bem, a empresa que ele está atualmente vai mudar de endereço para perto da minha casa, questão de 10 minutos de carro. Daí ele disse que quando a empresa se mudar (previsão era para fevereiro) ele poderia pensar em morar comigo, porem obras atrasaram e a previsão agora é final do ano que vem. Agora me pergunto, como posso ter uma segurança com uma pessoa que toda hora me dá uma desculpa para não vim morar comigo, sendo que moro sozinha e tenho casa própria, será que ainda vale a pena querer um futuro com ele????

    Mariana

    Mariana, minha sugestão é que você prepare um jantar bem gostoso no sinal de semana e chame ele para jantar e passar a noite aí com você... diga que quer ter uma conversa séria com ele e definir algumas questões que vem te incomodando há algum tempo. Pois bem, tenha essa conversa e explique isso tudo que nos disse. Talvez ele não faça ideia da importância que o fato de morarem juntos tem na sua vida e por isso nem leva muito a sério... ou quem sabe ele resolve abrir a boca logo de uma vez e admitir que não se enxerga casado com você! Seja lá qual for o motivo desse desentendimento, é importante que coloquem as cartas na mesa e sejam sinceros um como outro. Se ele não tá afim e você faz questão de que seja do seu jeito... então é a hora de cada um seguir o seu caminho e desempacar! Só não vale ficar nesse chove mas não molha...

    Caramba! Sempre tem um ou outro que parece não querer enxergar o que tá sendo esfregado na sua cara, só pode! Marianinha... seu namorado não quer saber desse negócio de morar junto não, pelo menos por agora não... como você mesma disse ele "sonha com um futuro"a dois, sonha... nem planos ainda faz! E isso significa que não é nada para agora.. como já disse, FUTURO, um pouco distante! Então se ainda quiser esperar o cara se sentir preparado, tenha calma e controle a ansiedade. É tão bom essa fase de namoro, não corra o risco de estragar com possíveis dificuldades financeira ou imaturidade conjugal, ok?

    Eu...

    Loading ... Loading ...