Mete a Colher - Clique e veja essa Metida de Colher

    Erros no sexo casual

    22.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: Dicas, Felipe Batista

    Como ainda não havia colocado o sexo na pauta das minhas matérias e percebi que esse assunto atrai a atenção dos internautas. Decidi aventurar-me nesse universo que existe tanta  coisa bacana a explorar. Como vejo que na maioria das matérias que abordam sexo, retratam o sexo entre: namorados, noivos, marido e mulher. Por que não retratar o sexo da galera que está solteira. Não pode-se esquecer que por mais que eles não tenham um parceiro fixo, não deixam de transar. Por isso, resolvi a relatar os erros mais comuns no sexo casual. Sabe aquele sexo sem compromisso do casal que acabou de se conhecer em um bar e já foram pro motel se divertirem? A principio, eu havia listado 8 motivos, mas eu fui conversando com os meus amigos e tanta coisa bacana foi dita que a lista ficou gigante. Após selecionar os erros mais frequentes, escrevi essa matéria.

    1

    1

    Não é porque a pessoa não é a sua namorada que ela não merece ser levada pra um lugar decente. Não há nada mais broxante do que um transar num drive-in; a cama é minúscula e alguns não tem chuveiro ou nesses hotéis de esquina onde não tem nenhum conforto.

    Nós sabemos que quando a pessoa está a fim de impressionar, te leva em um motel bacana. Parece bobo, mas esse pequeno gesto, fará a pessoa olhá-lo com outros olhos, por exemplo: ele me levou num motel super chique, deve está a fim de mim ou aquele cara não é mão de vaca, ele sabe realmente o motel certo pra levar uma mulher. Já escutei relatos de transas em carros, banheiros públicos, parques… Por mais que a intenção seja só sacanagem; o famoso sexo sem compromisso, esses não são os lugares mais apropriados para isso, você provavelmente se sentirá desconfortável, ficará preocupado em ser pego. O sexo será aquela rapidinha mal feita com pressa… Eu penso que a vida é muito curta pra transas sem graças e mal feitas em lugares broxantes.

    Todos nós temos vícios, por isso é de suma importância, saber até que ponto eles podem incomodar nosso parceiro, por exemplo: sou bastante careta; não bebo e nem fumo. Acho desagradável beijar alguém com o hálito de bebida ou de cigarro. Quando ambos bebem ou fumam, isso não é problema. Entretanto, quando um fuma e o outro não, além do halito que é horrível, você ficará com o cheiro de cigarro em toda parte (no cabelo, na roupa). Não posso esquecer os dependentes químicos. Já ouvi relatos de que no intervalo da transa, a pessoa começou a cheirar pó. Em seguida, ficou agressiva e fora de si. Algo que era pra ser legal, virou um desastre.

    1

    Cada um tem a sua particularidade. Na cama, isso não é diferente, por exemplo: há alguns que gostam de caricias no pescoço, mordidas na orelha, brincar com os mamilos, uma longa preliminar antes do jogo; outros já preferem começa-lo sem perder tempo. Isso são coisas que se aprende com o tempo, depois de conviver um tempo com a pessoa. O casal começa a moldar o sexo até chegar num ponto que cada um sabe como agradar o outro, pois eles já sabem o que fazer. Conheço alguns que se na transa, não tiver aquela posição ou se não acontecer isso ou aquilo, eles não se sentem satisfeitos. Contudo, como é só um casual muitos tem receio de mostrar ao companheiro o caminho das pedras e desapontam-se por ele não ter feito algo. Acho muito comum a primeira vez de um casal não ser lá essas coisas, por mais que foi boa, sempre poderia ter sido melhor, se ele soubesse que você gosta disso ou daquilo. Não existe segredo. Se você não contar que você gosta disso ou daquilo, ele não adivinhará.

    Ressalta-se que deve haver cautela ser cautela na hora do pedido, pois se for uma fetiche não tão comum, como: chicotes, vibrador gigantes, uma posição muito incomum… Talvez o assuste.

    1

    Todos deveriam saber que pra o prazer na cama funcionar, é necessário a colaboração de ambos, porém alguns acham que no sexo casual, não precisa ser desse jeito, o que é um grande erro. Alguns acabam vendo as parceiras como bonecas infláveis ou objetos que estão ali pra satisfazê-los do jeito que eles quiserem sem nenhuma preocupação ou carinho. Eles querem ter suas vontades realizadas, sem realizarem as delas. O importante para a maioria deles é se eles gozaram, se isso aconteceu, está ótimo! O que faz o sexo perder o seu propósito do prazer partilhado. Alguns além de serem egoísta acabam limitando-se na cama, por exemplo: comigo não rola isso nem daquilo. Limitam-se na cama e deixam de conhecer várias outras formas de prazer. Como saber se não gosta de algo sem experimentar?

    (mais…)

    QUERO TODO DIA, ELE NÃO

    20.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: Canal Mete a Colher

    Participem nos comentários! Enviem suas sugestões para [email protected] . E é claro, se inscreva no canal e não deixe de nos acompanhar no  FacebookTwitter e Instagram

    1

    Pornografia… Prazer masculino, tristeza feminina, ou nada disso???

    18.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: André Memória, Dicas

    tye

    Semana passada o Mete recebeu um e-mail* no qual me preocupou muito. Em resumo, uma fã do Blog falava sobre um namoro a distância em que o namorado era viciado em pornografia e ela não sabia lidar com isso, isso é até comum, mas quando eu li: “não como, não durmo, não vivo. Eu estou até vomitando sangue de tanto nervoso. Meu estomago dói 24 hrs por dia. Tentei suicídio…”; mostrou que a situação era grave.

    Em primeiro lugar, se alguma situação da sua vida faz com que você, literalmente, não tenha mais vontade de viver, te faça sair da rotina de estudos e trabalho por um tempo considerável, por favor, procure um Psicólogo ou Psiquiatra urgente. Esses profissionais ajudam todos os tipos de pessoas, não só os “loucos”. Você verá os benefícios em pouco tempo, se for cuidado(a) por um bom terapeuta!!!

    Xvideos, redtube, youporn, se reconheceu algum desses “nomes”…

    …então você é um dos consumidores de conteúdo pornô virtual. Logo vem a questão: estou acessando muito esse tipo de site? Ou será se meu namorado/marido assiste muitos vídeos por dia? Tais questões são relativamente fáceis de responder, pois se a pessoa tem uma boa vida afetiva, trabalha, estuda, tem vida social satisfatória, provavelmente essa pessoa faz uso saudável da pornografia.

    A pornografia existe desde que o homem aprendeu a pintar em paredes, há vários registros históricos mostrando como as imagens de pessoas fazendo sexo permeiam civilizações em épocas distintas até hoje. A maioria dos homens gosta e algumas mulheres também, essa diferença de gosto vem da cultura que sempre privilegiou os homens e reprimiu as mulheres quando se trata de relacionamento sexual. Quanto a fatores fisiológicos, ai é muita coisa, deixo para escrever mais em outro texto.

    O modo como os dois sexos se excitam também é relevante, pois enquanto o homem é mais visual, a mulher é mais todos os outros sentidos + emoção. Lógico que existem exceções, mas a maioria dos homens e mulheres funciona assim. Ai vem à necessidade masculina de exercitar a sexualidade, então os homens usam o recurso que estiver à mão. No passado recente eram as revistas, hoje são os vídeos e fotos na web.

    Diante de tal realidade, temos vários casais como o problema no qual (geralmente) o homem não dá atenção a sua parceira ou mostra um desempenho sexual ruim por ver muita pornografia. Se isso está acontecendo no seu relacionamento é bom conversar, pois só assim vocês podem resolver. Lembre-se que se a conversa não progredir bem, é importante ressaltar que o Psicólogo pode ajudar nesse processo.

    Minha dica final:

    Mulheres: usem a pornografia à seu favor, tentem apimentar o relacionamento com tudo de prazeroso que encontrarem nos muitos sites a disposição, existem até sites dedicados só ao público feminino.

    Homens: usem a pornografia com moderação, nada de deixar a namorada ou esposa de lado e passar a noite vendo vídeos, tentem pôr em prática as coisas interessantes, pois assim fica até mais fácil de chamar a parceira para ver junto contigo.

    É sempre um prazer escrever para o público do Mete, logo abaixo estão alguns links relacionados ao tema tratado hoje! Beijo e Abraços Calorosos…

    *E-mail citado no texto

    Links com conteúdo extra:

    Viciados em pornografia destroem confiança e vida sexual da parceira, diz estudo

    Vício em pornografia é semelhante ao alcoolismo, diz estudo

    Jairo Bouer: pornografia em excesso atrapalha no sexo?

    andré-memória

    Estou tentando esquecer o sobrinho do meu namorado… mas tá difícil!

    18.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: E-mail do internauta

    teste

    Olá pessoal, então, tenho 18 anos e namoro há 3. Antes de me envolver com meu namorado, engatei num amor platônico pelo sobrinho dele, que na época era meu colega de escola. O universo todo sabia que eu era perdidinha pelo cara, e ele nada de me dar moral, logo fui para a temida friendzone. Detalhe, o rapaz é um cafa, o garanhão do colégio, pegava as meninas e depois saia difamando as coitadas- inclusive pra mim-. Depois de 1 ano e pouco ele se mudou, e ai eu acabei conhecendo um tio dele, me envolvi com ele, e começamos a namorar. Ok até aí tudo bem, maaaas o desgraçado ao saber da história resolve se arrepender do que fez comigo e começa a dar em cima de mim, e como boa orgulhosa que sou, mandei ele a merda. Agora, 3 anos depois, ele ainda mexe muito comigo, e sempre que eu sinto que estou quase esquecendo ele definitivamente, ele aparece por aqui, ou me liga, ou chama no whattsap; enfim, passa meses sem lembrar da minha existência- período em que eu também nem penso nele- e dai surge do nada, trazendo aquela avalanche de sentimentos de volta.

    Obs: Amo meu namorado, mas não consigo tirar o traste da cabeça.
    Maria

    Ai, ai, ai Maria... é como eu sempre digo, não há relacionamento nesse mundo, que resista a assombrações de fantasmas do passado! Não adianta amar seu namorado com todas as forças, se não colocar um ponto final e encerrar essa questão do "e se...", pois na primeira oportunidade que tiver, vai acabar caindo em tentação! E permitir que seu relacionamento corra esse risco é uma burrice tremenda. Na minha opinião, acho que você deveria tirar um tempo para você avaliar melhor seus sentimentos, pense bastante e também analise friamente o comportamento dos dois, para somente após muito matutar sobre o assunto, tomar uma decisão que não vá arrepender depois.

    Verdade, viver com o "e se..." é um tormento na vida da pessoa. Ela perde o foco no namoro, começa a se distanciar o parceiro, ter pensamentos errados... Enfim, uma infinidade de coisas ruins, sendo assim minha sugestão é que simplesmente não se permita direcionar sequer 30 segundos de seus pensamentos ao sobrinho. Sei que não é fácil fazer isso, mas tente focar no lado podre dele... no tanto que ele é um galinha, tão galinha que só quer saber de você agora pois não está mais a disposição dele, essa atitude dele é somente para alimentar o ego dele e não por se amarrar em você...

    Eu...

    Loading ... Loading ...

    ELA ME TRAIU NO FACEBOOK E QUER VOLTAR

    18.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: Canal Mete a Colher

    Participem nos comentários! Enviem suas sugestões para [email protected] . E é claro, se inscreva no canal e não deixe de nos acompanhar no  FacebookTwitter e Instagram

    1

     

    Aqui em casa, todo dia é uma festa!

    17.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: Dicas, Publieditorial, Vídeos

    1


    Confira o vídeo lá no nosso instagram

    Olha o mimo que o Veja enviou para transformar minha faxina em festa! É muito legal, é uma embalagem do produto que tem uma mini caixa de som embutida que toca várias músicas quando a embalagem é inclinada! Infelizmente esse mimo não está disponível para a venda, mas… pra você não ficar de fora dessa festa, em comemoração ao seu aniversário de 45 anos, Veja criou a Rádio Faxina, um app gratuito, disponível para Android e IOS, com uma seleção de músicas perfeitas para agitar sua faxina! Baixe e entre nessa festa você também!

    google apple

    Essa  novidade do Veja caiu como uma luva … sabe por que?! Essa semana a empregada aqui de casa pediu demissão e adivinha para quem sobrou cuidar da sujeira? Acho que nem precisa responder kkk

    Lá vou eu fazer um serviço que já não curto muito e com um tempo que não tenho, ainda mais com filhos pequenos para cuidar! Eles sujam daqui e lá vai a Isaura se preparar para limpar acolá, rsrs. Ter filhos é uma delícia, mas convenhamos que na parte da sujeira eles são profissionais!! Sem contar a sujeira que eu e o môre fazemos e que acontece por mais que a gente tente manter a ordem da casa.

    Como para tudo sempre tem uma solução, a marca Veja resolveu transformar todo esse sofrimento em um momento de diversão! E nada melhor do que muita música para nos animar e dar aquele gás necessário para faxinar a casa inteira e ainda sobrar tempo para cuidar das outras atividades (Môre, me espera que eu já chego!)

    Todas músicas foram escolhidas pelo maestro Billy, DJ do programa Caldeirão do Huck. E mais: dicas de limpeza e locução da Valesca Popozuda, a musa da campanha! Por falar nela, você já conferiu o nova música criada exclusivamente para comemorar o aniversário de Veja e transformar toda faxina em uma festa. Confere aí!

    Eu que não sou nem um pouco boba, já baixei a novidade e tô preparada para começar no batente, baixe você também e faça a sua faxina ficar muito mais descontraída!!

     

    ELA NÃO GEME, ELA GRITA

    17.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: Canal Mete a Colher

    1

    Participem nos comentários! Enviem suas sugestões para [email protected] . E é claro, se inscreva no canal e não deixe de nos acompanhar no  FacebookTwitter e Instagram

    1

    Tive um caso e agora não sei se devo contar para o meu marido!

    16.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: E-mail do internauta

    1

    Boa tarde. Preciso de um conselho de vocês.
    Tenho 23 anos e sou casada há quatro anos. Amo meu marido e sei o quanto ele me ama também. Mas depois do primeiro ano de casamento, nosso relacionamento desandou. Ele, super viciado em jogos, deixou de me dar atenção e ficava o tempo todo no computador. Antes de isso acontecer, tínhamos uma vida sexual bem ativa, mas com o tempo, cansei de mendigar a atenção dele e assim fomos nos distanciando. 
    Depois disso, num momento de pura fraqueza, tive um caso com um rapaz do trabalho e depois de um certo tempo, terminei o caso porque sei que estava errada e não quero o fim do meu casamento. Mas após um ano que o caso aconteceu, ainda me sinto culpada, como se ainda estivesse traindo ele… tenho vontade de confessar para essa culpa passar, mas em conversas sobre traição, ele sempre me disse que se algum dia eu o traísse, que jamais me perdoaria e que pediria o divórcio e eu não quero que isso aconteça… o que eu faço??
    Adoro o blog de vocês. Não perco um só dia.
    Ana Maria

    Não gosto de "defender" e nem ficar arrumando justificativas para uma traição, mas também sei que não é nada fácil dar um fim no casamento antes de cair na tentação... até por que não tem como saber se essa tentação é algo que se valeria a pena. Porém, não deixo de te dar um belo puxão de orelha Ana Maria! Essa angústia que sofre agora, é resultado mais que merecido por ter caído em tentação... você está colhendo apenas uma pequena fatia do que plantou, então aguenta as pontas! Não acho que contar o crime para seu marido vai resolver algo, muito pelo contrário... é capaz de só piorar, o que você pode tirar disso tudo é uma bela lição e que no mínimo aprenda a conviver com esse fantasma sem ferir os sentimentos do seu marido. Mas caso ache que não vai dar conta do recado, termine seu relacionamento, mas sem falar nada pra ele... evite sofrimentos!

    Ah tá! Só por que é mulher você tá tentando sim, arrumar uma justificativa?! Ana Maria, se coloque no lugar do seu marido e pense se gostaria de viver uma dura realidade ou uma doce mentira... eu sei bem o que gostaria, e acho que a maioria iria preferir viver a dura realidade! Fez a cagada? Agora só lhe resta levantar a cabeça e assumir... Se ele perdoar, aprenda a lição, enfie o rabo no meio das pernas e seja eternamente grata! Se não... fazer o que, né? A escolha foi sua e sabia muito bem as possíveis consequências!

    Eu...

    Loading ... Loading ...

    QUANDO O FILHO DIZ QUE É GAY…

    16.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: Canal Mete a Colher

    1

    Participem nos comentários! Enviem suas sugestões para [email protected] . E é claro, se inscreva no canal e não deixe de nos acompanhar no  FacebookTwitter e Instagram

    1

    Pega e não se apega! Ainda não me acostumei com essa vida de solteira…

    15.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: E-mail do internauta

    1

    Estou separada há pouco mais de 6 meses, depois de um relacionamento longo! Tipo beeeeem longo! Meu ex foi meu primeiro homem e até então o único! Agora que estou solteira resolvi aproveitar a vida… mas ainda me falta aquela confiança na cama! Ainda fico cheia de paranoias se estou fazendo certo ou não, criticas com meu corpo, enfim… 

    E para piorar a situação, todos os caras que eu dormi depois do meu ex, não passou de sexo casual! Nada foi mais adiante! Onde eu posso estar errando? Será que estou errando em alguma coisa? Eu sinceramente não estou a procura de um novo relacionamento sério, acho que preciso mesmo curtir essa fase solteira sem me prender a ninguém. Mas sinto falta de me sentir desejada ou de despertar isso neles! Confuso? É tudo muito novo para mim e eu ainda não sei lhe dar bem com essa parada de “pega e não se apega”! 

    Me ajudeeeeem!

    Eu sei como é que nós ficamos "perdidas" após o termino de um longo relacionamento, como estamos acostumadas a sempre ter alguém ao nosso lado, ao nos vermos sem aquele "porto seguro"... fica a sensação de tá faltando algo, mesmo curtindo pra caramba essa nova fase. A primeira atitude que você precisa ter é simplesmente tentar afastar esses pensamentos quando vierem a sua mente, não alimente essa sensação de ter que se sentir deseja por alguém constantemente.. isso não é necessário para se sentir feliz, o importante é você ser feliz com você! Mas... se quiser elevar o ego um pouco mais, basta se fazer um pouquinho mais de difícil na hora da conquista.. faça o cara ter um pouco mais de trabalho...

    Ouxi! Tem coisa melhor que poder paquerar, beijar na boca e transar sem a parte chata do compromisso?! Tem não... para de tentar complicar sua vida e aproveite essa fase! Faz assim... quando aparecer esse pensamento em sua mente, procure lembrar o quanto foi bom se sentir deseja durante seu casamento, que aposto que logo deixará de lado esse papo! Não entendo vocês mulheres... no meu ponto de vista, se alguém fica e transa com vocês, é por existe o desejo! O que é bem diferente do desejo do compromisso e que você mesma disse não ter interesse no momento... e tem mais, se você não quer compromisso com ninguém nesse momento, pra que diabos vocês gostaria de ter alguém interessado em algo mais? Só pra judiar do cara e esfregar o clássico "não é com você, sou eu...", é isso?!?!

    Eu...

    Loading ... Loading ...

    Poliamor

    15.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: Canal Mete a Colher

    1

    Participem nos comentários! Enviem suas sugestões para [email protected] . E é claro, se inscreva no canal e não deixe de nos acompanhar no  FacebookTwitter e Instagram

    1

    Linguagem corporal – aprenda a passar a mensagem correta!

    15.09.14 Postado por Neguinha | Categoria: André Memória, Dicas

    1

    Lembra do dia em que aquele mulherão soltou um sorriso na sua direção? Sabe aquele dia em que seu candidato a ficante olhou nos seus olhos e prestou atenção nas suas palavras? É meus caros leitores e leitoras, esses foram bons dias, foram baladas frutíferas!

    A linguagem corporal está presente no nosso dia-a-dia desde a pré-história, quando os machos iam caçar e qualquer ruído espantava a comida, só tinha uma coisa a se fazer: gesticular. E a mãe que só de olhar para o filho (não importa a idade) já sabe como ele está, se precisa de atenção ou se está doente. São pequenas provas de como a linguagem corporal é antiga e eficiente.

    Esse tipo de comunicação é evidente em seriados (“Lie to me” e “The Mentalist”). Quem assiste aprende um pouco sobre leitura das expressões faciais e corporais, o que ajuda a se relacionar melhor com todos ao seu redor. Inclusive você pode ser aprovado(a) em uma entrevista de emprego graças a sua excelente comunicação não-verbal, ou quem sabe passar a informação certa na festa e sair com seu futuro marido ou sua futura esposa. Homens: uma postura confiante pode ser sua porta de entrada para uma noite gloriosa. Mulheres: uma postura aberta e simpática pode atrair o protagonista do seu próximo romance.

    E na hora do Prazer… Também podemos perceber muitas coisas na hora da relação sexual. Seu parceiro não costuma dizer nada, você pergunta e ele só diz que está bom, então olhe bem para as “caras e bocas”, se ele está sorrindo e fazendo expressões de alegria pode continuar com os bons serviços. Já você que não sabe se sua namorada está fingindo o orgasmo, verifique se os mamilos estão intumescidos (durinhos), veja se a vagina está bem lubrificada, se o corpo dela se mexe de forma natural (e não como uma atriz pornô).

    Um dos fatos mais importantes sobre tal assunto é que o corpo Não Mente! Se a pessoa mantém pouco contato visual, se enrola quando fala, parece tensa, o corpo está em uma posição parecendo querer sair de perto de você, existe uma grande chance de estarmos à frente de uma mentirosa. As mulheres, mesmo sem treinamento, conseguem identificar bem os sinais de mentira, pois elas quase sempre descobrem quando o parceiro está traindo, já os homens não percebem tanto, pois as estatísticas dizem que eles só percebem a traição em 15% dos casos, enquanto elas descobrem em 85% dos casos.

    Eita… Eu poderia escrever muitas páginas sobre um assunto tão interessante, mas vou parar por aqui, espero que todo mundo fique mais atento aos “recados corporais” dos amigos, dos familiares, dos peguetes e dos parceiros de longa duração. Lembrete aos casais que só se comunicam a base de linguagem corporal: falem mais! Casais que se comunicam pouco tem maiores chances de desentendimentos e, consequentemente, brigam mais! Vamos fazer mais Amor e menos guerra!!!

    Quer saber mais sobre o assunto? Leia o livro “Desvendando os Segredos da Linguagem Corporal” – Allan e Barbara Pease.

    Beijos e Abraços!

    andré-memória