Swingar ou não swingar… eis a questão!

Olá pessoal do Mete a Colher… sou noivo há 7 anos e nosso relacionamento vai muito bem, não lembro a última vez que brigamos. No lado sexual tudo vai bem também, ela era muito mente fechada e eu sempre tentei abrir a mente dela… fomos a uma festa onde ela bebeu algumas a mais e terminamos a noite num motel com uma amiga dela e tudo ocorreu bem, a amizade continuou… tudo perfeito. Consegui convence-la a visitar uma casa de swing só pra ver como é e tudo ocorreu bem também… mas de lá pra cá a mente dela abriu até demais… veio com umas conversas de Poliamor, de que eu poderia ter um relacionamento fora, contanto que ela não soubesse e vice versa. O “X” da questão é que eu gostaria de ter essa experiência com outros casais… vejo muitos pornos com essa temática de trocas, marido filmando, etc… mas quando eu gozo, a vontade de ter essa experiencia passa… fico receoso de na hora H eu não gostar do que vou ver e ter uma crise de ciúme ou algo do tipo… O que vocês acham?

Cuidado marido… eu acredito no poliamor, mas acho que jamais seria adepta justamente por conta do ciúmes! Eu me conheço muito bem pra saber que provavelmente não daria conta de dividir o lado sentimental da coisa. Porém, por outro lado… como já disse em outros momentos, da “carne” não tenho tanto ciúmes assim, talvez um pouco de possessividade, mas nada demais. O que no final das contas é favorável para novas aventuras na cama com uma terceira pessoa, mas cada casal tem suas regras e limites e vocês dois precisam definir através de muita conversa. Se algo lhe desagrada, ou você simplesmente desconfia de que não daria conta de vivenciar uma nova experiência… então não faça! Pra que correr o risco de estragar uma relação tão bacana, né?!