Mete a Colher - Clique e veja essa Metida de Colher

    O amigo do meu ex chegou a me ligar chorando perguntando que horas eu iria embora da casa do meu ex… pois queria ficar com o amigo!

    26.12.13 Postado por Neguinha | Categoria: E-mail do internauta

    Olá!

    Isso já anda acontecendo há algum tempo, mas só agora resolvi mandar o email. Eu acompanho o blog com frequência, já que sempre acho bastante interessante cada história e os conselhos de vocês, casal. Estão de parabéns!

    Bem, minha história é um pouco complicada e extensa, mas vou tentar ser mais clara o possível: no final de 2012 conheci um carinha que era simplesmente um príncipe, totalmente educado, delicado e carinhoso. Nos conhecemos por conta de um amigo em comum, que era meu amigo de infância – e fiquem atentos, pois esse amigo fez de nosso relacionamento um inferno – e amigo de faculdade do carinha. Ele me adicionou no Facebook dizendo que havia ouvido falar de mim e que gostaria muito de me conhecer melhor, sempre sendo o mais fofo e educado o possível. Meu amigo, é claro, me contou que havia comentado sobre mim com ele e que apoiava a nossa amizade. Eu sempre fui bastante reservada e calada, e até meio sonsinha, então eu não desconfiei que o carinha pudesse estar interessado em algo mais do que amizade, logo levei um susto enorme quando, em menos de 1 mês de conversas, ele se declarou e disse que gostaria de ter um relacionamento mais sério comigo e que estava interessado há algum tempo (aliás, me contou que já tinha bastante tempo que observava minhas coisas e ouvia falar sobre mim, e que “havia gostado de mim sem perceber”). Bastante assustada, eu aceitei conversar melhor com ele e ver no que dava, e depois de 2 meses estávamos namorando. No começo foi tudo lindo, ele sempre era meigo, conversava bastante, tentava me ver todos os dias e quando não podia, me ligava perguntando como foi o dia e para dizer que estava com saudades. Ele não poderia ser namorado melhor.

    Logo, começou o inferno: o amigo começou a se mostrar aos poucos, reclamava sobre o carinha estar se distanciando dele, reclamava quando saíamos sozinhos, já chegou a ligar chorando perguntando se demoraria muito pra eu ir embora da casa do carinha! Ele saiu espalhando que eu era uma “louca ciumenta” e que eu o odiava, disse que eu estava destruindo a amizade dele com meu namorado e tudo mais. Eu fiquei com a consciência bastante pesada, então decidi me acostumar com o amigo, afinal, ele era meu amigo também. Não queria destruir a amizade deles e nem a minha, lógico. Assim que comecei a “engolir”, ele começou a invadir a nossa vida, ir para todos os lugares que nós íamos, participar de tudo, estar em tudo. Ele ligava para o meu namorado de minuto em minuto, mandava mensagens, falava o dia inteiro com ele – às vezes eu até sentia que ELE era a namorada!. Meu namoro estava virando um inferno, literalmente.

    No início de julho, tudo começou a mudar: meu namorado havia tirado férias e resolvido viajar pra casa de uns amigos e depois pra casa da família, voltaria no final do mês para viajarmos juntos com os amigos. Estava tudo resolvido, até o dia em que ele viajou: assim que ele saiu da cidade, começou a me tratar mal, brigar, não responder e falar que “não devia satisfações pra ninguém”. Fiquei preocupada, e depois muito mais, já que o amigo me procurou e disse que meu namorado também estava o tratando muito mal e estava super estranho, como se fosse outra pessoa. No outro dia achei que encontraria meu namorado mais tranquilo, cheguei a pensar que ele só estava estressado com a viajem, então ele me ligou e continuou a tratar mal, eu cheguei até a dar uma bronca sobre a maneira que ele estava me tratando e tratando o próprio amigo, o que fez ele ficar super bravo e dizer que “tratava as pessoas do jeito que ele queria”. E assim foi o resto do mês, ele não me ligava, tratava mal e o amigo dizia estar super chateado. 

    Assim que ele chegou, era como se fôssemos estranhos um para o outro, já que ele me tratava com uma distância e frieza irreconhecíveis, que não existiam no namorado carinhoso e tranquilo que eu tinha um mês antes. Pensei que tudo fosse mudar na viajem que fizemos com os amigos, mas na verdade a coisa piorou: ele me tratava mal na frente de todos, fazia questão de manter distância e fingir que não me via. Todos os amigos acharam estranho, me perguntavam o que estava acontecendo, e eu simplesmente chorava. Cheguei a perguntar se ele queria terminar o namoro, ele só dizia que não, mas continuava a tratar mal. Quando chegamos da viajem eu confesso que explodi, já não aguentava ser humilhada e desprezada pela pessoa que eu amava, então eu fiz algo que nunca mais vai se repetir: eu peguei a senha do Facebook do meu namorado, digamos que eu meio que hackiei, e fui ler todas as conversas pra saber de descobria alguma coisa. E descobri.

    Durante todo aquele mês ele e o amigo estavam falando mal de mim e da minha família. O “amigo” fingiu pra mim sobre estar sendo desprezado, e nas conversas ele contava para o meu namorado o que ele havia me dito e como havia me dito. Boba, sonsa, burra, tonta e idiota eram algumas das palavras que eles usavam para se referir à mim. O tal do amigo, que se diz um evangélico árduo e que até prega na igreja, dizia para o meu namorado que eu era um peso e que ele deveria se livrar logo de mim, porque “Deus não dava peso pra ninguém”. Eles chamavam minha mãe de velha, diziam que ela precisava era de um homem de verdade na vida dela, que ela deveria aprender qual era o verdadeiro lugar dela na vida. E o pior: meu namorado não falava assim só com o amigo, mas com uma amiga também. Ambos riam e faziam piadinhas sobre a minha vida. Simplesmente me humilhavam e humilhavam a minha família.

    Depois de ler isso tudo, liguei pra ele e contei o que tinha lido e como tinha lido, o que resultou em gritos pelo telefone e briga e no término do namoro. Confesso que tentei entender o que havia acontecido pra ele mudar tanto no mês, mas ele só me dizia que não tinha explicação nenhuma. Tentei falar, conversar, ao menos manter contato, mas ele quis se manter o mais longe possível. Logo, descobri que o amigo estava falando mal de mim e de toda a minha família, me chamava de louca possessiva e de outras coisas piores. O meu ex saiu espalhando que minha mãe era loucamente apaixonada por ele, me chamava de “carrapato” e dizia que havia sido fácil se livrar de mim. Hoje eu não posso frequentar certos lugares, pois fui feita de piada pelos dois. No decorrer do mês em que fui tratada mal, emagreci 13kg.

    Eu já não sei o que fazer, pois os dois fazem chacota de mim, da minha família e todos comentam! Eu não aguento mais não poder conversar, frequentar lugares simplesmente por falarem tão mal de mim, não consigo entender o que eu fiz pra ser tão odiada em tão pouco tempo. Essa história foi tão estranha que dividiu os amigos em dois: os que ficaram ao meu lado, que são a maioria, e os que acreditaram na versão dele. Eu só gostaria de viver a minha vida tranquila e em paz, longe de falsos boatos. O que eu faço, casal?

    Um abraço pra vocês!

    Ihhh menina... conheço bem essa história, já tive dois namoradinhos de adolescência que fizeram algo parecido comigo... e sabe de uma coisa? A melhor solução é você simplesmente parar de tentar entender os motivos e seguir com sua vida. No meu caso, a melhor solução foi simplesmente mudar a roda de "amigos" e aproveitar a situação para conhecer novos ambientes e pessoas realmente legais... deixem que falem, que percam o tempo te difamando gratuitamente... dê tempo ao tempo, que logo as pessoas perceberam o quanto idiotinha foram os dois e que tudo não passou de uma amor reprimido entre eles! kkkk Ahhh... mas só pra lhe render umas boas gargalhas, um dia... sem mais nem menos "solte" a história do telefonema do amigo chorão e diga que hoje apoia 100% o amor entre eles, que viver reprimindo essa paixão não é nada saudável... então torce pelo amor deles! kkkkkkk

    Kkkkk Neguinha tú é páia, heim?! Mas confesso que essa possibilidade foi a primeira coisa que passou pela minha cabeça! Enfim garota... siga os conselhos da Neguinha e vê se aprende com tudo isso... passe a se envolver com homens de verdade, ao invés de moleques! Você perece ser madura, então procure pessoas igualmente maduras e com sua sexualidade bem resolvida. Não dê corta para a fofoca... quanto mais demonstrar que isso te afeta, mais eles falarão. Seja mais esperta, ok?!

    Eu...

    Loading ... Loading ...
    1. PRISCILLA
      26/12/13

      Já passei por isso, a Neguinha tá 100% certa!!!
      CADÊ O “CONCORDO COM OS DOIS”?

    2. gabi
      26/12/13

      Espalha qe ele tem pinto pequeno

    3. Eddie 666
      26/12/13

      Combinações que resultam em nada mais do que isso que você está passando. Dois muleques, aparentemente HOMOSSEXUAIS e ainda um deles evangélico alienado.Só podia dar nisso.Faça o que o More disse, procure homens de verdade, equilibrados , bem resolvidos , inclusive sexualmente, enfim HOMENS com postura de HOMENS, deixei esses dois vermes para tras e siga sua vida.

    4. Juju
      26/12/13

      Ja passei por algo parecido, mas pior (a ex do meu namorado que causava intrigas) fiquei meses sendo motivo de fofocas e piadinhas, ela beirava os 30 anos mas a mentalidade era de 13, simplesmente ignorei, e com o tempo ela parou e sumiu das nossas vidas (mas infelizmente ela é amiga da família dele)

    5. Flat
      26/12/13

      Pelo jeito, tudo já acabou entre vocês, tanto que você nem mais tenta manter contato (depois da frieza que ele te tratou, é totalmente compreensível). Não há nada mais entre vocês, exceto as feridas nos círculos sociais que eles deixaram, correto?

      Então pergunte-se: Por que cargas d’água você se importa? Só há duas respostas que tenham alguma lógica que posso pensar:
      1 – Você ainda sente algo por ele! Claro, ele é seu ex-namorado, é normal sentir alguma coisa, mas analise friamente as atitudes dele. Ele tratou você como a pior das pessoas do mundo; não sendo suficiente também tratou sua FAMÍLIA de forma horrível. Engula qualquer sentimento que ainda tenha por ele; uma pessoa que age da maneira como ele agiu não merece nem mesmo sua raiva.
      2 – Você se importa com o que os outros pensam! E, francamente, eu acho isso pior do que a primeira opção (afinal, a primeira é fácil, a linha entre amor e ódio é tênue). Uma pergunta é suficiente para te ajudar a pensar: Por que? Por que você se importa? As suas decisões são entre você e Deus, você não precisa dar satisfação alguma para ninguém! Quer viver a vida sem falsos boatos? Não ligue para eles! Quanto menos atenção der, mais rápido eles somem. E mesmo se não sumirem, não vai importar, a não ser que você se importe. Se não consegue não se importar, então evite estes lugares por um tempo até aprender a não se importar.

      Basicamente, você pode resolver seu problema de forma simples. Pode não ser fácil, mas É simples. Você tem a solução, é só querer resolver. Nada mais. Tome o controle sua vida; não deixe que os outros a controlem.

      P.S: Você provavelmente não fez nada para te odiarem. Baseando-me só pelo que enviou, esse amigo dele tem sérios problemas. Provavelmente sociopatia manipuladora obsessiva, talvez psicopatia de natureza perversa ao invés de agressiva. Meu conselho: compre um taser de bolsa e fique longe dele.

    6. Gi
      26/12/13

      Eu me emocionei com sua história. Talvez seja por sentir um medo de q um dia minha história termine assim. Realmente, eu tb gostaria de entender o pq de pessoas de difamam e humilham que sempre lhes deu amor. Só pode ser gente sem caráter e pessoas assim jamais são felizes. Chegam num estágio que estão vazias por dentro e nada as satisfazem. Você vai ser feliz, já está sendo só de ter se livrado de alguém q não te queria bem. Vai encontrar um homem de verdade e q a trate com o devido respeito.

    7. 26/12/13

      Cara, o amigo do seu ex é gay e tem um baita amor enrustido ai hein, pare e pense, ora ligar chorando para saber até que horas você iria ficar na casa dele, hahahaaha, acho que ele que fez de tudo para seu namoro terminar e ficou plantando idiotice na cabeça do seu ex,e como seu ex é um baita cabeça fraca, acabou sendo influenciado…ou.. ele também é gay e ficam ai de putaria incluindo terceiras pessoas nessa história, sendo que o que eles queriam mesmo era se pegarem… aff…. chuta o pau da barraca colega, conte em alto e bom som o que o amigo fazia, sei que não vai mudar o que vc esta sentindo, mas acho que você tem direito de resposta…que nada mais é, alias .. do que a verdade!!!!

    8. Ana Cláudia Marques
      26/12/13

      Com um namorado e um amigo de infância desses, quem é que precisa de inimigos?
      Dê graças a Deus por ter ficado livre desses dois encostos, meu bem. Só foi pena você não ter sido mais dura com o carinha durante o telefonema. Porque na verdade, ao contrário da Fera da ‘Bela e a Fera’, o seu príncipe sempre foi um monstro disfarçado.
      Agora é levantar a cabeça e se algum(a) idiota que acreditou nas lorotas da dupla vier com deboche pra seu lado, simplesmente dê o desprezo. Nem se dê ao trabalho de discutir.
      E muito menos aceite aquele infeliz de volta, tenha amor próprio, pois quem gosta verdadeiramente de alguém não é capaz das mesquinharias que ele, manipulado pelo falso amiguinho, fez contra você. E ainda sobrou pra sua família! Não, pra essas coisas não há perdão!
      Grave bem isso: “Gostar é sinônimo de tratar bem.” OK?
      Beijos e boa sorte, e que um dia apareça em sua vida um gato que a trate bem de verdade, sem “elementos estranhos” para incomodar vocês.

    9. geovanni
      26/12/13

      Primeiramente guerra é guerra então vamos lá, imprime tudo que vc leu sobre vc faça varias copias e quando ele estiver pregando la na igrejinha dele vc da uma copia para cada pessoa que estiver la ,,todos pastores todos. Outra espalha que os dois tem um caso e que o seu ex- tem pau pequeno e elem disto broxa.
      Por ultimo arruma um cara bem legal e deixa estas bichas de lado elas iram se engolir sozinhas.
      seja muito feliz

    10. Mari
      26/12/13

      PQP hein, duas bichinhas….espero que tenham muitas hemorróidas juntos ….
      Menina, tente ignorar, segue tua vida, q isso não leva a nada!

    11. garoto
      27/12/13

      olha o lado positivo, que mulher nao quer emagrecer 13 kilos, segue o conselho da neguinha e seja feliz…

    12. Edu Baptista
      27/12/13

      O melhor de tudo vou q vc perdeu 13 jkg e pode caber naquele vestidinho preto q te deixa supersexy e sair com o NEGÃO aqui q tanto te quer …

    13. Rodrigo
      27/12/13

      Aproveita que tu saiu no lucro.
      Mesmo que ele tivesse algum problema contigo, que tentasse conversar antes.

      Só cuida as opções que te deram, pois nada, no mundo, é pior que criar dúvida sobre a masculinidade de um homem.

      Boas festas…

    14. Zoe
      27/12/13

      ainda acho q vcs deveriam acrescentar no blog a opção “concordo com os dois” kkkkk pensei o mesmo q a neguinha e o môre. Esse amigo de infância é uma biba enrustida e maldosa, e seu ex é um crianção que não sabe dar valor às pessoas. Segue sua vida e deixa as duas se amando, vai mudar de ares, conhecer novos lugares, novas cidades, novas pessoas, vai ser o melhor pra vc =)

    15. Tata
      27/12/13

      Eu passei a seguinte situação;
      Em um relacionamento de 3 anos acabei envolvendo meus amigos com meu namorado na época e quando terminei com ele por não aguentar mais as 7 caras que ele possuía, o mesmo se fez de vítima pros meus amigos…me difamou e se fez de coitado pra todo mundo…pegou algumas amigas minhas e depois veio me esfregar na cara que elas não prestavam. eu mudei de ares, conheci novos amigos. Comecei a faculdade e mudei de emprego, hj a existência dele é indiferente pra mim, meus amigos não passam de colegas agora! O melhor que se tem a fazer é não tentar se justificar com os outros…sempre há versões diferentes da mesma história! Não se deixe abalar por isso. a Gente acaba conhecendo as pessoas que amamos quando nos afastamos dela…olhamos por um outro ângulo. Eu não entendia antes o pq da minha família não gostar do meu ex, hj que estou afastada, percebi o quanto ele era manipulador e mau caráter…muita coisa havia relevado pq estava cega!
      Vc aparenta ser tão ingênua quanto eu…então essas coisas acabam acontecendo para vc aprender uma lição e não entregar seu coração a qualquer um que diz gostar de vc!
      desejo que você dê a volta por cima, e um dia ele vai ainda te procurar arrependido de ter sido um pamonha…e vc cada vez mais linda vai achar graça de como o mundo dá voltas!!!
      bj

    16. B. Reis
      27/12/13

      Vou te dar duas opiniões distintas. Primeiro como advogado.

      Processe-os e faça-os indeniza-la, é uma boa lição e uma forma de ensinar as pessoas a ficarem caladas. Mas tem os dois lados da moeda, terá que se expor perante um juiz (esse processo, caso queira poderá ser sigiloso) e se o cara for muito folgado ainda falará que você é despeitada e não sabe perder, entre outras. Mas é um bom remédio pra gente folgada.

      Segundo, o que a “Neguinha” disse foi PERFEITO! Simples comentar sobre a ligação chorosa do seu “amigo evangélico” (sou evangélico, e esse cara nem passou perto de ser evangélico, no mínimo deve-se respeitar e amar o próximo) e a relação um tanto quanto duvidosa dos dois resolve e bem essa situação.

      Valorize quem te valoriza, sua família, seus amigos de verdade, ignore idiotas e pessoas quem não tem nada para acrescentar na sua vida!!

      Boa sorte.

    17. Marcelo
      27/12/13

      É como o “More” disse: são dois moleques. E aliás esse seu “amigo”, ou deve ser gay mesmo, ou não tem capacidade de arrumar uma namorada e por isso quer o amigo só pra ele, porque ficar chorando por causa de homem… sei não viu.
      Não se deixe entristecer por causa de dois otários infantis. Como seu ex preferiu dar ouvidos a esse mané ao invés de ficar do seu lado?
      Seu único erro foi se enganar achando que ele era um príncipe. Ele passa beeeeeeeeeem longe de ser qualquer coisa parecida com isso. Mas qualquer um pode se enganar nesse sentido. Eu mesmo já passei por isso.
      Você parece bem madura, então seja superior. Ignore esses dois meninos e os deixe brincar sozinhos. Encare isso como uma experiência que te ajudou a amadurecer mais ainda e a conhecer melhor as pessoas.
      Com o tempo todos vão ver que esses dois são uns otários.
      Abraços!

    18. Kim
      27/12/13

      Mais alguém além de mim está achando essa história muito estranha? Pode ser q eu esteja enganada, apesar do meu forte sexto sentido, mas mesmo sem citar nomes (seus amigos, recebendo o link desse post, saberiam de que se trata), isso está com cara de vingancinha de mulher-ciumenta-chiclete que levou um pé na bunda depois do cara ter que aguentar a décima ceninha. Mas tomara q eu esteja errada.

      • Juju
        27/12/13

        Isso é mais comum do que você imagina, ja passei por isso, conheço mulheres e homens que passaram por isso.

      • Maria
        28/12/13

        cara, também achei super estranho… um motivo tem q ter pro cara ter mudado do nada com a menina… ou ela não ta contando a história direito, ou ela comeu mosca demais (inocente)…

    19. Camila
      27/12/13

      O pior de tudo foi ter que ler diversas vezes um erro grotesco: viaJem. Por favor, VIAGEM COM G!

      • nathy
        03/01/14

        O MELHOR COMENTARIO.

        PESSOAL:

        VERBO VIAJAR COM J
        SUBSTANTIVO VIAGEM COM G

    20. Mari
      29/12/13

      É triste e doloroso passar por isso. Mas no futuro você vai ver que isso foi o melhor pra você. Um homem que se deixa levar por conversinhas e é totalmente influenciado por isso, não merece nem você e nem ninguém. É muito fraco, maricas, maria vai com as outras, bebezão. Sai dessa, não ligue para comentários. Ande com a cabeça erguida sem vergonha de nada, pois a merda quem fez foram os dois pombinhos. Espero que assumam a relação…kkk….Encontre um homem de verdade.

    21. Stan
      20/01/14

      Eu diria que há uma grande probabilidade desses dois rapazes serem homossexuais, você deveria esquecer toda essa humilhação e arrumar um namorado de verdade, um que tenha valor! E pague na mesma moeda, espalhe coisas a respeito desse ex para todas as pessoas, pra ele aprender que esse tipo de coisa não se faz.

    22. not as Louis Vuitton is undoubtedly one of the oldest designers in the fashion industry today lice obtain opened in 1854 by the eponymous designer play name as their the fashion house was dedicated to the designing and manufacturing of luxury leather goods mimicmaritime
      http://tshirtsandtwine.com/
      [url=http://tshirtsandtwine.com/]http://tshirtsandtwine.com/[/url]

    23. When Iverson was a kid, his dream is to have a pair of Jordan sneakers year old lovely lady Jordan sports shoes may be all who love basketball dream. Since 1985, Jordan shoes after a long 17 years since from the Jordan to the development of today is generation of Jordan seventeen generations
      jordans for cheap
      [url=http://www.riversideresortok.com/]jordans for cheap[/url]

    *Nome
    *Email
    Site/Blog/Url
    Mensagem
    * Campos obrigatórios

    Copyright ©2013 - 2012 Mete a Colher - Em briga de marido e mulher, aqui você mete a Colher
    Personagens Mete a Colher criados por Max Motta - Desenvolvido por Osmar Mesquita | Rhuan Carlos