Meu namorado teve um caso com uma blogueira “famosa” e casada!

Olá! Antes de escrever a minha história gostaria de dizer que eu adoro vocês e com os vídeos agora posso imaginar como vocês são. E eu tinha uma outra imagem física de vocês. Vocês são queridos demais e parabéns por não serem vendidos! Minha história, vou resumir ao máximo: Tenho 26 anos e namoro há 3 um cara da mesma idade. Conheci ele no trabalho em 2010 e, sinceramente, deveria ter cortado o relacionamento logo nos primeiros meses. Mas o meu medo de ficar sozinha não me permite. Começamos a namorar oficialmente após três meses juntos. E não houve pedido da parte dele (que pena – sem romantismos). Enquanto ainda ficávamos eles continuava indo para a balada, mas confio que não ficou com ninguém, porém, continuava via MSN, xavecando as amiguinhas. Neste nosso trabalho, entrou uma menina que, nossa, ele ficou louco. Como eu sei? Bem, ele não parava de olhar para ela. Isso era humilhante pra mim, mas com apenas 5 meses juntos não quis ser a louca e surtar, mas era algo muito na cara. Tanto que outras pessoas da empresa vieram me alertar. Resolvi chamá-lo para uma conversa e ele disse que eu estava viajando, que achava a menina zoada. AHAN. Sou trouxa. Deixei passar, mas ainda brigamos muito por isso (e também porque ele fazia a mesma coisa na rua, andando de mãos dadas comigo. Acho falta de respeito. Cortei deixando de andar de mãos dadas com ele. Simples assim). Ele acabou mudando de trabalho. Mas deixou comigo a insegurança de que ele poderia fazer isso ou pior no outro trabalho. DITO e FEITO. Descobri que uma famosa blogueira o convidava para um almoço. E no dia do aniversário dele, que eu tinha preparado uma grande surpresa. Embora ele não tenha aceitado o convite para o almoço com a blogueira bitch, ele passou o MSN dele para ela. Ela disse que não gostava de MSN, só usava GTALK. Ele disse que não usava, mas que ia adicioná-la. Fiquei em choque. Ele disse que sentia que eu o tratava friamente (claro, ele já tinha dado muitas mancadinhas comigo). Considerei essa troca de e-mails com a blogueira famosa uma traição e terminei. Ele implorou uma volta, fez carta, me deus flores, pediu desculpas e eu, IDIOTA, “perdoei”. Bom, ele mudou um pouco. Mas não 100%, claro. A confiança nunca mais foi a mesma. E continuei monitorando os e-mails deles. Nunca achei nada grave, exceto GRAVE PRA MIM, que ele chamava TODO DIA uma amiguinha do trabalho no gtalk para compartilhar links, falar de assuntos aleatórios e, por mim, disse para o amigo dele que queria apresentar uma amiga do trabalho dele muito bonita e gostosa! AH, que bom, né? Penso: já que ele não podia pegar, apresentou pro amigo. Este ano, precisei viajar para resolver um problema de saúde e descobri que ele foi procurar no Google o nome do atual namorado de uma ex-casinho dele. Briiiga de novo. Por sua vez, ele disse que era apenas curiosidade. Ah, apenas relembrando que não ando de mãos dadas com ele, afinal, ele continuou com a mesma mania chata de andar de mãos dadas comigo olhando para outras mulheres nas ruas. Não sou ciumenta, juro por Deus. Todas as brigas que cito foram, na verdade, conversas de: “por que você faz isso comigo?” Até porque já vi mulher se jogando em cima dele, sentando no colo e eu NUNCA falei um A, nem bateu ciuminho, afinal, não foi ele que sentou no colo de ninguém. O que me incomoda também é o fato dele ser lento. Não estar nem aí com o futuro, com a compra do nosso apartamento. Nem se preocupar por eu morar sozinha e querer dividir a vida com alguém. Claro, a mãe dele lava passa e dá comida na boca dele, rs… Pra que ele vai querer sair de casa? Sofro muito de solidão e vejo que ele só se preocupa com palavras: “calma, meu amor. A vida vai mudar”. Calma o caralho. O cara não me pediu em namoro, não tenho nem esperanças de me pedir em casamento. 3 anos de namoro, quer esperar mais quanto? 15 anos? Sempre eu que tenho que ficar cutucando, implorando as coisas. CANSEI! No mais, ele é calmo, SEMPRE carinhoso, não tem mais face por minha causa, não é baladei

Olha só Paloma, antes de publicar nós conversamos através de e-mail… e como eu te disse, lendo somente a história que enviou, não ficava muito claro se seu namorado estava dando mole para a tal blogueira. Então para deixar mais claro para os leitores do Mete a Colher e preservar a identidade de todos os envolvidos, quero deixar bem claro que EU MESMA RI OS E-MAILS TROCADOS PELOS ENVOLVIDOS (a Paloma me enviou e explicou tudo melhor e com detalhes) e vou repetir o que te disse através do e-mail… “uma coisa eu digo, ela se jogou descaradamente pra cima do seu namorado, mas achei q seu namorado se saiu muito bem na resposta q deu, só acho q poderia ter evitado o lance dos papinhos que não fossem a trabalho, né?!” Pois bem, no meu ponto de vista ele vacilou com você sim! Mas não seria algo imperdoável, um belo puxão de orelha já bastaria. Quanto a ficar de papinho com outras através de MSN, GTALK e caralho a quatro… se fud@#$%, né?! Imagine então ter que deixar de andar de mãos dadas com seu amorzinho, só para você não passar constrangimentos enquanto fica feito um peão olhando outras na rua!?!? Ah não, Paloma… medo de ficar sozinha não justifica tamanha humilhação! Tenha um pouco mais de amor próprio e dê um jeito nisso… ele só continua agindo dessa maneira, pois você permite e alimenta o comportamento. No seu lugar, eu colocaria ele contra a parede e exigiria uma mudança geral de comportamento e em troca você deveria deixar de ser tão fria. Ciúmes é bom, desde que na medida certa… nem muito e nem pouco! Caso ele não queira mudar, termine e vá ser feliz ao lado de alguém que te valorize! Finalizando… você tem toda a razão para ficar chateada com ele, mas também não precisa dar tanto valor aos acontecimentos… no final, quem vai ficar cheia de rugas, é você!