Meu namorado não me procura para fazer sexo e só quer saber de ficar jogando videogame!

Namorei durante 4 messes, tive um problema, sai de casa e fui morar com o meu namorado já que a mãe dele havia nos cedido um espaço na sua casa. Enfim, eu moro com ele há 2 anos e 6 messes e o meu problema é que ele é uma criança e eu gosto muito dele! Mas se eu não pegar no pé dele, ele não faz nada! Não gosta de trabalhar, e o negócio dele apesar de trabalhar… é chegar em casa e ficar na frente do videogame! Ah! Ele também não gosta de sexo… nesses mais de 2 anos de relacionamento ele nunca me procurou, sempre sou eu quem o procura para fazer sexo e muitas das vezes ele me rejeita! Depois de mais de 2 anos morando com a mãe dele, decidi ir embora da casa dela e aluguei uma casa pra mim e ele veio junto. Achei que as coisas iriam melhorar, mas está na mesma! Eu adoro sexo, e ele não! Meus amigos dizem que o problema é que ele me vê como uma “mãe”, e eu admito fazer um pouco esse papel… lavo, passo, cozinho e faço tudo! Até trabalho mais, para ganhar mais do que ele e não faltar nada em casa! Eu já terminei com ele algumas vezes, mas o problema é que no outro dia ele finge que não conversamos nada, que nós não terminamos e continua levando a vida como se não tivesse existido briga, nem conversa, nem termino e eu acabo ficando com dó de mandar ele embora e seguir minha vida. Será que tem jeito? Eu já espero há 2 anos e nada muda… ou será que devo mandar ele embora e exigir que ele vá?! Tenho pena de mandar ele embora porque ele é bonzinho como uma criança, não bebe, não fuma, não sai nas noitadas… mas vive no videogame e assistindo desenho!

Ainn amiga, o pior de tudo é que criamos um apego tão grande por esse tipo de “homem-filho”, que tem hora que a gente sofre como se fosse realmente um filho nosso, né?! O abençoado já te cativou tão bem, que te faz até ter dó de colocar ele no olho da rua! kkkk Só rindo mesmo, da nossa “panaquisse”! Explique para o menino que uma mulher de verdade não dá conta de aturar isso tudo sem sexo, não! Que só ficar no papel de mamãe bacana, não rola…. aliás, até rola… rola é um chifre no meio da testa dele! Coloque ordem na casa com calma… tenha uma última conversa com ele e diga que se a partir daquele momento ele não mudar de comportamento, vai acabar dando de cara na porta de casa! Pois vai mudar de fechadura e mandar os pertences dele pra casa da mãe de verdade! E se você ainda continuar com dificuldades em colocar juízo na cabeça dessa criança, lembre que mãe que ama de verdade, sabe dizer NÃO ao filho! kkkkkkk Engraçado, mas é verdade!