Fui beber com os amigos e ganhei um par de chifres!

Boa tarde, acompanho o blog de vocês há muito tempo, sempre lendo os problemas dos outros e me identificando com alguns… Tenho um relacionamento há 6 anos, começamos na mesma cidade, porem saímos juntos para estudar, ela em uma cidade e eu em outra, mas todo final de semana eu fazia questão de tá junto, de ir pra cidade que ela estava, férias juntos tudo muito bom. O problema é que de um tempo pra cá ela começou a se importar com tudo, não posso sair pra tomar um chope com os amigos, não aceita qualquer tipo de amizade com outras mulheres, fica sempre futucando meu telefone atrás de algo, perguntando a outras pessoas a respeito da minha vida. Eu não tenho muito problema com ciumes e nunca importei com as amizades dela, só que no último domingo avisei que tava indo beber com uns amigos mesmo ela não gostando… eu fui! Daí ela ficou me ligando toda desaforada já com raiva, então desliguei meu telefone pois já não estava aguentando mais… sabe oque ela fez? Me deu um belo par de chifres, só que agora tá toda arrependida querendo voltar e dizendo que só fez isso porque eu sair e ela não achava certo! Estou muito triste, queria um conselho de vocês… desde de já muito grato pela atenção.

Ainnn coleguinha, difícil isso heim? Não sei bem disser ao certo o por quê que eu acredito que você não tinha intenções de aprontar coisa errada ao “sair pra beber com os amigos”, só estando no papel de sua namorada para entender toda a insegurança dela. Mas vamos partir do princípio de que é uma verdade absoluta a sua fidelidade e respeito a ela… Sendo assim, passo a desconfiar dela… sempre pensei que geralmente, disse geralmente, não é uma regra… quem do nada passa a desconfiar do parceiro é por que na verdade está com medo de que ele faça o mesmo com ele, entendeu? O que quero dizer é que talvez, antes do próprio chifre declarado e assumido… ela já estaria de malandragem por lá e com medo de você estivesse fazendo o mesmo! Minha sugestão é que agradeça a sinceridade dela ao te confessar o crime, mas que sigam com suas vidas separadamente… chore tudo o que tiver que chorar e se levante logo! Não aceite o papel de vítima e nem que a trate com desprezo, afim de contas não é nada fácil manter um relacionamento 100% a distancia…