Segunda colherada do dia: Estou viciada em sexo anal, será que isso pode fazer mal à minha saúde?

09.04.13 Postado por Neguinha | Categoria: E-mail do internauta

1

Olá,

Bom tenho 28 anos e meu namorado tem 26, eu já fui casada e acho q meu casamento acabou porque eu não gostava muito de sexo… há 7 meses estou namorando com um rapaz  que fez com que eu conhecesse o sexo de verdade… algo excitante, coisas diferentes… estou até (VICIADA) em sexo e não é exagero… só não faço todos os dias porque não nos vemos sempre e outra descobri que gosto mais de sexo (anal e oral)  do que o tradicional. Tenho muito mais prazer, um tesão louco, coisa que eu nunca havia sentido antes. E outra, adoro ser submissa.. ver ele mandando em mim dizendo oque eu tenho que fazer e como ele quer que eu faça.

Ele sempre me disse que adora fazer tudo comigo, mas eu sempre ouvir falar que sexo anal não é bom fazer sempre e tem aquela “amigas” que falam que sexo anal é tipo um prêmio… se ele for bonzinho ou legal aí sim tem que fazer mas não todas as vezes…é verdade? Não devo fazer sempre mesmo eu adorando? Faz mesmo mal fazer sempre? Preciso da opinião de vcs.

Bjss,
Rosa

Pois bem Rosa, como infelizmente não sou nenhuma especialista no assunto, dei uma pesquisada e encontrei essa reportagem e acho que ela vai ser muito útil para você e muitos outros curiosos que desejariam explorar esse terreno em busca do grande prazer… Leiam tudinho!

Sexo anal: confira o que é mito e o que é verdade sobre essa prática

conversamos com um especialista sobre o assunto e esclarecemos tudo

1

O sexo anal é uma prática temida e evitada por muitas mulheres. E o medo de se entregar ao prazer que o ato proporciona, muitas vezes é provocado pelo medo do desconhecido. Conversamos com o proctologista Dr. Afonso Moniz de Aragão, do Vita Check-up Center, para esclarecer as dúvidas mais frequentes sobre o assunto.

A primeira declaração do especialista tranquiliza quem pretende se aventurar: “Sexo anal não é um erro, mas é necessário respeitar as características do local”, afirma, taxativamente.

Confira os mitos e verdades sobre sexo anal na lista abaixo:

 

1 1

 

Rosa, espero que a reportagem tenha tirado boa parte de suas "dúvidas técnicas", bom... pelo menos pra mim ela teve grande serventia, pois assim também poderei evitar alguns "acidentes" kkk. Essa é uma prática saudável e muito prazerosa desde que os devidos cuidados sejam tomados. Em relação a questão do "prêmio" para o seu namorado, concordo plenamente com suas "amigas"... Se o bonitinho tem acesso fácil ao pote de doces, logo, logo vai enjoar e não dar valor, te deixando sem uma "moeda de troca" para quando necessitar... Aproveite com responsabilidade!

Rosa, Rosinha... esse é o nome da mulher que todos os homens gostariam de ter! Minha flor linda do jardim da vida... fiquei inspirado por seu e-mail, que maravilha de mulher bem resolvida! Nem quero falar sobre as "dúvidas técnicas", mas somente das "recalcadas" das tuas amigas. Não dê ouvido a elas, se você quer dar o furíquinho para o seu namorado, DÊ! A vida é curta e você não deve perder seu preciso tempo tomando partido dessas femistas (sim, esse discurso de "moeda de troca" só pode ter vindo delas!)... Preocupe-se somente em tomar os cuidados antes de morrer de prazer! E Neguinha... não vem com esse papinho de moeda de troca comigo não, sabemos muito bem que você também adora quando esse seu macho aqui bota ordem na casa e te dá ordens!

Eu...

Loading ... Loading ...
  1. Marido Ideal
    14/03/15

    Cu no marido é o que diz minha linda esposa após dois deliciosos boquetes, ela saboreia antes de engolir o esporro. Deitado num colchonete, ela desce rebolando tipo boquinha de garrafa, coloca na reta e vapt. Um cote bem apertado na base com o esfincter, sem soltar um instante, bem empinadinha, braços bem levantados em V, rebolado sempre acelerando até eu dar meu ritmo personalizado (as vezes deixo até virar uma piorra daquelas), bem relaxado, pernas abertas, braços para trás, calor, ela derretida em suor, levo banho de suor feminino, no final da segunda não mando parar, malvado, só paro na quarta quando desmaio de tesão e orgasmo.

  2. Vinte Seis
    14/03/15

    Aplicar o boquete quando o maridão já estiver bem servido de outras atividades sexuais (não está atrasado), já tenha gozado, após muita tesão, no mesmo dia três a quatro vezes, para que ele não goze logo, demorando cerca de trinta minutos a uma hora para o esporro. Pode ser após um exercício praticado por ele, como uma demorada partida de futebol e após refrescante banho, como relaxante, dignificando o pau onde ele goza e para mostrar culto ao seu pau e à personalidade do maridão, fazendo o boquete de forma personalizada dele para deleite e mostrar que ele está levando total vantagem sobre sua esposa, se esforçando exaustivamente para cumprir a risca as ordens do maridão, em especial o movimento rápido com a língua no cavadinho da coroa da glande. No replay ele deve levar mais de uma hora de tesão e depois um longo e intenso orgasmo.

  3. Disciplinador Daqueles
    14/03/15

    O esporro na boca, seguido de movimento de gosto e sabor da fêmea e após engolir todinho complementa o demorado esporro levado verbalmente por erro cometido, após ter pedido perdão. Após, sempre os 10 beijinhos na sola de cada pé do adorado marido, com o último, bem lambido, no chulésinho do dedão. Cada beijo, demorado, de língua, molhadinho, lábios abertos e com batom, com um estalinho alto no final, seguido de frases de adoração e total e completa submissão, com as duas mão em posição de adoração, próximas do pé que está sendo beijado e adorado.

*Nome
*Email
Site/Blog/Url
Mensagem
* Campos obrigatórios

Receba os vídeos do maior canal de relacionamentos do Brasil em seu e-mail.

Cadastre seu e-mail para receber os vídeos do Mete a Colher e aprenda mais sobre sexo e relacionamento.

Respeitamos sua privacidade
Receba os vídeos do maior canal de relacionamentos do Brasil em seu e-mail.

Cadastre seu e-mail para receber os vídeos do Mete a Colher e aprenda mais sobre sexo e relacionamento.

Respeitamos sua privacidade