Agressão… como posso superar?!

Oi gente, sou fã de vocês e agora tive coragem de falar sobre o meu caso, tenho 20 anos e namoro desde os 17. Meu namorado sempre foi muito ciumento, sempre terminamos e voltamos várias vezes, depois do primeiro ano de namoro ele se mostrou agressivo, me pegava pelo braço, gritava, ameaçava ! Tudo por ciume exagerado ! Uma vez fui passar a tarde com uma prima, ele ficou com ciume, fez um escândalo, ele me pegou pelo pescoço ! Terminamos, fiquei muito mal, depois de 3 meses voltamos ele me pediu perdão, falou que nunca mais ia fazer isso e eu acreditei, perdoei e voltei ! Quebrei a cara, aconteceu mais uma vez só que dessa vez foi pior, recebi tapas, puxões de cabelo, ofensas, mentiras que ele mesmo inventava e acreditava no que inventou ! Fiquei arrasada, tive inicio de depressão, meus pais sempre ao meu lado ! Ele me pediu perdão mais uma vez, falou com meus pais, meus pais não aceitaram mas eu sim, fui contra minha família por amar ele e acreditar que mudaria ! Como meus pais já haviam me avisado, aconteceu mais uma vez e atualmente não estamos juntos ! Sou uma pessoa completamente diferente do que eu era, não tenho mais auto estima por toda ofensa e humilhação que ele me fez passar, não sou mais segura de mim, não como, não saio, não tenho ânimo pra nada, agora vou ter acompanhamento psicológico para tentar esquecer e apagar todas as marcas que isso me deixou. Todos acham que ele tem algum problema por ser tão explosivo, ciumento e possessivo. Tenho apoio de amigos, família que nunca me deixaram de lado, porém ele sempre colocou a culpa em mim de tudo, no meu jeito, na minha maneira, e hoje acredito que o problema sou eu e não consigo me amar mais, e não consigo deixar de amar ele. Quero voltar a pessoa feliz, alegre, auto astral, decidida, guerreira que eu era antes de conhecer ele, pois já passei por coisas piores na minha vida e consegui vencer, mas hoje não passo de uma fraca como ele mesmo me chamava… queria uma dica de vocês ! Tentei resumir ao máximo ! Obrigado pela atenção, beijos !!!

Olha só… imagino o quanto deve ser difícil superar isso tudo, mas acho que o principal você já tem… que é a consciência de que ele não presta e de que na verdade o culpado disso tudo, é ele e não você! A única coisa que me deixa aflita, é ver que você já tem essa visão e mesmo assim não consegue se reerguer com mais facilidade! Meu amor, comece por um banho na sua imagem… corte o cabelo diferente, faça algo diferente… se arrume, se obrigue a sair de casa, conhecer novas pessoas! Não dá pra ficar depositando todas suas esperanças somente no tratamento psicológico… quer sair logo dessa e ser novamente feliz?! Comece a partir de agora mesmo, a buscar a felicidade! O que você gostava? Estudar? Ir pra academia? Se cuidar? Então faça! Faça esse esforço por você.. e quanto a ele, não pense nisso! Viva cada dia de uma vez, se der vontade de procurar o otário, respire fundo e prometa para você mesma que “hoje eu não vou atrás dele” e não pense no amanhã… daí amanhã se bater novamente a vontade de procurar, prometa a mesma coisa… “hoje não” … uma hora você vai perceber que não precisa dele pra nada, muito menos pra te agredir e fazer se sentir um lixo! Vai na fé e se lembre que “cabeça vazia, oficina do diabo!”, ocupe seu tempo…