ALIANÇAS SÃO NECESSÁRIAS OU NÃO?

Quando eu achava um rapaz interessante, pessoalmente (“pessoalmente” como contrário de “virtualmente”), uma das primeiras coisas em que eu me atentava eram as mãos. Por quê? Porque meu cérebro apresentava duas condutas distintas sobre o que eu via: se houvesse uma aliança em alguma das mãos do dito cujo, meu encanto se acabava ali mesmo, mas se não tivesse nenhum anelzinho, eu poderia continuar… Achando-o interessante.

Pois bem, levando-se em consideração o quase que incontrolável pensamento que a maioria de nós possui de que as outras pessoas vão pensar/agir como a gente, que defendo a necessidade do uso de alianças. E sim, eu te entendo, ninguém é obrigado a pensar como eu, mas também tenho um embasamento teórico acerca dessa defesa, então vamos lá.

Alianças são simbologias, ou seja, significam algo e esse algo se chama “compromisso”. Ao usar uma aliança o que está-se fazendo nada mais é do que mostrar publicamente que você e outra pessoa selaram um compromisso, seja ele namoro, noivado ou casamento. Ao iniciar o meu relacionamento, queria muito colocar a aliança para que ele fosse socialmente visto, para que as pessoas, conhecidas ou desconhecidas, vejam que eu estou comprometida, vejam que eu quero que elas vejam isso. Seria um motivo de orgulho também, orgulho de ostentar algo que mostra que você não está sozinho, de que você tem alguém do seu lado. Além do que, como dito no começo, seria uma espécie de “aviso prévio” para quem lhe olha, o “Opa! Fulano tem namorado, que dó… Próximo!”é uma reação comum e até eficaz, já a vi bastante e creio que você, leitor, também.

Mas certo, vou concordar que existem pessoas que adoram ver uma aliança nos dedos de outras, que possuem verdadeira tara por pessoas comprometidas e que se a aliança não estiver ali, pronto, não aparece o interesse… Só que vamos combinar que não são a maior parte (ou será que o meu senso observacional está falho?). Eu já ouvi argumentos de que a aliança faz é atrair mais gente interessada em quem a usa, mas acho que isso está mais ligado a outros fatores, como alguma instabilidade emocional na pessoa comprometida, a qual gera certa abertura a terceiros se interessarem por ela, por exemplo.

E você, acha que alianças possuem um papel tão importante ou acha que relacionamentos não precisam ser legitimados por meros metais fundidos? E ah! Que fique claro: o compromisso é legitimado pela aliança, não os sentimentos. Pessoas se amam independente de acessórios, símbolos ou quaisquer outras coisas materiais. O amor não é provado através do uso joias, está muito além disso (anos-luz de distância!), obviamente. Valeu meteacolher

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *