Mete a Colher - Clique e veja essa Metida de Colher

    PARA MULHERES – O VERDADEIRO E O FALSO FEMINISMO – SOMOS LIVRES OU ILUDIDAS?

    28.08.15 Postado por Ísis Toth | Categoria: E-mail do internauta

    feminismo

    O feminismo autêntico alterou principalmente as perspectivas predominantes em diversas áreas da sociedade ocidental, que vão da cultura ao direito. As ativistas femininas fizeram campanhas pelos direitos legais das mulheres (direitos de contrato, direitos de propriedade, direitos ao voto), pelo direito da mulher à sua autonomia e à integridade de seu corpo, pelos direitos ao aborto e pelos direitos reprodutivos (incluindo o acesso à contracepção e a cuidados pré-natais de qualidade), pela proteção de mulheres e garotas contra a violência doméstica, o assédio sexual e o estupro, pelos direitos trabalhistas, incluindo a licença-maternidade e salários iguais, e todas as outras formas de discriminação.

    Fonte Wikipédia – https://pt.wikipedia.org/wiki/Feminismo

    Esse foi e é  um movimento legítimo e essencial para as mulheres que até pouco tempo não tinham direito de existir. Infelizmente o ônus de toda essa revolução foi a negligência de que a mulher é biologicamente diferente do homem, hoje as mulheres tem uma jornada múltipla (carreira, estudos, casa, marido, filhos) sofrem cobranças desumanas com aparência, continuam ganhando menos e estão exaustas e perdidas entre o papel de mãe, mulher e profissional.

    Graças aos autênticos movimentos feministas hoje desfrutamos de vários direitos e temos uma voz, mas não seria hora de evoluir ainda mais essa luta olhando a mulher sob a perspectiva feminina e não como uma competidora sem rumo e sem identidade em um processo silencioso, mas implacável, de destruição.

    Cozinhar ou não, ser submissa ou não, ser masculinizada ou não, é a questão? A verdadeira questão a se pensar não seria: somos, de fato, bem sucedidas afetivamente, emocionalmente, profissionalmente e enquanto mãe e mulher? Ou estamos iludidas, com corpo, alma e saúde deterioradas, mas os braços ainda levantados para erguer uma bandeira que nos dias de hoje precisa urgentemente ir para um novo patamar de evolução?

    As informações postadas aqui são opiniões baseadas em experiências pessoais e conhecimentos empíricos das relações humanas, não há compromisso teórico ou ético com qualquer abordagem psicanalítica ou corrente terapêutica. Não fazemos análise ou praticamos qualquer método de tratamento através das sugestões e opiniões aqui postadas. É de responsabilidade de cada internauta procurar ajuda profissional de um Psicólogo ou Psicanalista para si e seus familiares e não cabe ao colaborador deste blog traçar perfis psicológicos ou dar quaisquer diagnósticos.

    20150706-isis-toth.jpg (640×120)

    Vamos lá?! Top5 Femmelist #3

    28.08.15 Postado por Neguinha | Categoria: Vlog Mete a Colher

    Ebaaa… vamos compartilhar os bons conteúdos? Vem comigo!

    Comprar o ingresso

    ——————————— LISTA DE LINKS DO FEMMELIST ———————————–

    1 – Unhas bolhas – Blog Balzaquianas 

    2 – Dinneer – Blog Entre Mil Cozinhas

    3 – Quase quebraram minha clavícula 

    4 – Make Demi Lovato Cool for the summer

    5 – TAG: Beleza vem de família

    Esmalte: Ludorana – Bruna Marquezine – “menta”

    Envie seu pedido de ajuda para [email protected] ou áudio para o whatsapp (61) 9644.5060

    Facebook – Twitter – Instagram 

    unnamed

    Minha namorada além de ciumenta, não está lá essas coisas na cama. Me ajudem!

    28.08.15 Postado por Ísis Toth | Categoria: E-mail do internauta

    mulher ciumenta

    Oi Isis tudo bem ? Me chamo B. (Prefiro manter o anonimato) 
    Desculpe a confusão, mais se eu fosse contar tudo detalhadamente iria dar um livro! 
    Acompanho a algum tem o site do Mete a Colher e acho incrível os conselhos que você da ao pessoal.
    Bom vamos lá para a minha história; 
    Estou namorando ja faz cerca de 1 ano com a F,nós já namoramos antes(Isso faz 3 anos), bom ela foi a minha primeira namorada,quando tinha 15 anos.E tivemos que nos separar pelo fato que eu tinha que mudar.Até ai tudo bem, voltei para minha cidade natal,se passaram 3 anos novamente, la pensava muito nela e na cagada que eu fiz em ter voltando para minha cidade natal, e também nesse meio tempo eu namorei  uma garota lá, mais não tinha jeito eu não conseguia tirar a Fa. da minha cabeça que foi a minha primeira namorada. Semprei sonhei em voltar com ela, assim como eu ela seguiu sua vida fez suas escolhas, acabou casando pela tentativa de me esquecer, mais como ela mesmo disse não teve jeito também de me esquecer.
    Até ai tudo bem, um certo dia ainda quando ela estava casada, ela entrou em contato comigo pelo Facebook(Nisso ela tava casada ainda). E disse que sentia saudades minha e tudo mais, e vice-versa. Foi se passando os dias e tudo mais, ela acabou se separando do marido dela, e a gente tinha voltado, só que eu morava em um cidade e ela outra, e eu ia todo final de semana ver ela, como achei que estava ficando ruim, vim morar com ela, ela mesmo cogitou esta ideia e eu topei.
    Só que o nosso namoro não está como eu imaginei que estaria, larguei tudo onde estava para ficar com ela. E ela está muito mudada desde de seu casamento. Muito ciumenta, quer mexer em tudo pra descobrir alguma coisa. Principalmente coisas muito antiga do meu computador e tudo mais.
    Pisei na bola uma vez com ela ao ter voltado, que foi ir ver o Facebook da minha ex, mais apenas por curiosidade, porque a minha atual tinha comentado que a minha ex estava namorando.E eu burro e curioso fui lá ver e ela descobriu, quase terminamos, mais a gente se acertou e se firmamos novamente.
    Só que desde então, ela simplesmente não acredita nas minhas palavras, e também está muito ciumenta, a ponto de que não podemos assistir junto ou até mesmo assistir sozinho(Tudo que eu vejo é pelo computador, não assisto TV), ela tem ciumes. E se aparece alguma mulher no filmes semi nua, ou qualquer coisa que seja, relacionada a mulher e “mostrando” algo, ela já começa a discutir ou então, fica bicuda e vai dormi.
    Também quando a gente sai é a mesmo coisa, não posso olhar pro lado, ou então tudo que eu vou olhar ela fica olhando nos meus olhos para “ver” oque estou vendo(Confuso, mais é assim mesmo).
    Mais agora vem a parte que eu mais odeio nela, pode até ser estranho pra vocês mesmos, tudo ela acha que é putaria!Ai vocês se perguntando, como assim?É isso mesmo, desde de um filme, série, programa de TV, tudo pra ela é putaria, ela odeia pornografia. Odeia falar sobre esses assuntos, nosso sexo praticamente é sempre o mesmo.Nunca inovando, se eu tento falar algo sobre isso pra ver se a gente melhora ela fica brava.
    Não sei mais oque fazer.Se você poder me ajudar, ficaria agradecido.

    Olá querido B, 

    Sua namorada deve ter motivos para agir assim, já tentou descobrir  porque ela está tão insegura? É muito estranho essa mudança de comportamento. Gostaria muito de ouvir o lado dela. A minha resposta nunca vai ser justa o suficiente sem que eu tenha ouvido os dois lados, mas vou tentar...

    Também não entendo porque uma pessoa que resolveu namorar, casar ou o que seja, fica fuçando no Facebook da ex, e o que é pior, ainda se deixa ser descoberto. Por isso eu digo que traição até em pensamento é traição, basta olhar sob o ponto de vista de quem foi traído. É claro que todos pensamos, cobiçamos, desejamos outro enquanto estamos comprometidos, somos humanos, mas deixar transparecer, deixar rastros de uma coisa tão boba, por que? Que estranho desejo é esse que temos de ser descobertos? Isso dá um bom texto!

    É difícil lidar com ciúmes e insegurança, e ainda por cima ela acha que tudo é putaria, como assim? Você não citou nenhuma vez no seu texto que ainda ama essa moça, na verdade acho que você ama aquela garota lá da sua adolescência. Será que o que te prende é o fato de ter largado tudo para ir morar com ela? Será que você já não sabe o que fazer, mas está acomodado na situação? Afinal morar junto dá uma conotação de coisa mais séria.

    Viver assim é ruim demais, ela deve ter passado por várias decepções desde que vocês se separaram e por isso está tão mudada. O que ela tem feito para melhorar? Tem dado alguma demonstração que reconhece estar em um momento ruim? Se a resposta for sim, continue tentando, não vá abandonar o barco na primeira crise, isso se você gosta dela de verdade e está preparado para lidar com altos e baixos no relacionamento até que as coisas entrem no lugar. Será que isso não é só uma fase passageira?

    Acho que você deu um tiro no escuro indo morar com ela. Tudo bem, precisamos nos arriscar às vezes, se fez a escolha errada, agora é hora de consertar e ainda tem conserto.

    Eu no seu lugar tentaria o diálogo, mas seja amigo, ela não precisa de julgamento e cobrança. Proponha algo novo, mostre que ela pode confiar em você, diga que não dá pra continuar como está. Reveja a sua postura e descubra se algo no seu comportamento está contribuindo para toda essa insegurança nela. Feito isto,  se nada mudar, infelizmente não vejo muito mais a ser feito nessa história, é desgastante demais lidar com tudo isso e quando a coisa fica ruim na cama também, aí fica complicado. A única coisa que poderia te prender a uma situação destas e lutar por esse relacionamento é o amor. Você ama essa moça ou o ideal que você fez dela? 

    Adoraria te dar uma resposta mais otimista, mas estaria sendo desonesta com você e com ela também, que não está aqui para se defender. Se você a ama, tente mais um pouco, se não ama, não tem porque se torturar, siga sua vida e deixe essa moça se resolver sozinha e ser feliz, só não brinque com os sentimentos dela, seja honesto e diga logo o que está sentindo e o que pretende fazer.

    Boa sorte!

    Bjs20150706-isis-toth.jpg (640×120)

    As informações postadas aqui são opiniões baseadas em experiências pessoais e conhecimentos empíricos das relações humanas, não há compromisso teórico ou ético com qualquer abordagem psicanalítica ou corrente terapêutica. Não fazemos análise ou praticamos qualquer método de tratamento através das sugestões e opiniões aqui postadas. É de responsabilidade de cada internauta procurar ajuda profissional de um Psicólogo ou Psicanalista para si e seus familiares e não cabe ao colaborador deste blog traçar perfis psicológicos ou dar quaisquer diagnósticos.

     

    5 atitudes proibidas para pessoas felizes!

    27.08.15 Postado por Neguinha | Categoria: Vlog Mete a Colher

    Esmalte: Ludorana – Bruna Marquezine – “menta”

    Envie seu pedido de ajuda para [email protected] ou áudio para o whatsapp (61) 9644.5060

    Facebook – Twitter – Instagram 

    Será que fui traída? Não sei o que pensar!

    27.08.15 Postado por Ísis Toth | Categoria: E-mail do internauta

    fofoca

    Olá!

    Tenho 19 anos e faz um ano e meio que estou namorando com um cara super gente boa, atencioso, responsável, dedicado, família, carinhoso, porém também é orgulhoso, trabalha demais e gosta de sair pra beber com os amigos. Essa última não era um problema pra mim (porque eu também saio sem com meus amigos), até o dia em que um colega me disse que viu meu namorado com sua ex (Ou atual. Nem meu colega sabia ao certo.) no maior amasso em um bar. Eu poderia manter a calma e tirar história a limpo, mas quando eu perguntei onde ele estava, mandou uma foto exatamente como o carinha tinha dito e essa tal ex já tinha ido procurar meu namorado pra dizer que eu estava marcando encontro com o boy dela (distorceu uma história com ciúmes), então pra mim eles já tinham contato e tudo se encaixava na traição. Ele tentou se explicar, mas tinha bebido e eu não quis saber, a versão dele não fazia sentido, eu disse que não aceitava traição e tava tudo acabado. Dois dias depois, o carinha veio me dizer que ele tinha entendido tudo errado, os dois só estavam dançando e o beijo foi no rosto. Até a menina me procurou pra se desculpar, disse que meu namorado deu em cima dela, mas ela que não quis porque amava o outro e foi até parar no hospital por causa dessa confusão. Como assim “não aconteceu por que ela que não quis”? Agora ela era a moça pura, meu namorado o cachorro e eu a idiota. Fui conversar com meu namorado, até então ele não tinha me dado explicação, mas desconsiderei isso, pois como eu já disse, ele é orgulhoso e se tivesse acontecido mesmo ele ficaria com o peso na consciência e teria dado mil desculpas, mas ele só disse que o único momento que a menina chegou perto dele foi pra perguntar sobre uma amiga e foi no momento que o ex dela chegou fazendo confusão, disse que inventaram essa história já que meu colega era apaixonado por mim e a namorada dele morria de ciúmes. Também disse que me amava, não seria tão idiota pra fazer algo do tipo, porque eu não merecia, quase chorou dizendo que só queria ficar bem comigo e que eu estava sendo injusta por acreditar em outro que mal conheço, mas não iria pedir desculpas porque estava consciente de que não fez nada de errado. Realmente, conheço meu namorado há mais de dois anos, não é possível que eu não seja o suficiente pra saber que não é de seu caráter ficar com uma menina em público estando namorando comigo, moramos em uma cidade pequena, uma hora eu iria descobrir. Mas será que ele não queria mesmo ficar com ela? E os beijos? Ele negou ter dançado com essa e outras meninas, como a coisinha lá me contou. Contudo ele estava bêbado, a bebida tira nossa razão e por que o carinha iria inventar isso? Deu pra entender a confusão na minha cabeça? A versão do meu namorado não me convenceu e a que carinha tinha dito era mentira, então acabei não acreditando em ninguém, mas resolvi continuar com o namoro, até porque ele nunca tinha me dado motivos pra desconfiar dele e nosso relacionamento estava muito bem, ele nunca deixou nada a desejar, apesar de trabalhar e estudar muito, passamos todos os fins de semanas juntos, tínhamos planos e tal. Enfim, isso me deixou mais cautelosa e também mais ciumenta, não confio mais quando meu namorado sai com os amigos, agora pego no pé mesmo e toda conversa com amiguinha é sinal de perigo. Será que estou sendo imatura? Será que ele tentou mesmo ficar com ela e eu estou fazendo papel de besta ou eu não deveria dar importância ao que os outros falam e confiar mais no meu namorado?

    Gostaria muito de “ouvir” a opinião de pessoas mais sensatas.

    Beijos e adoro vocês.

    Peraí que fiquei tonta com essa história, mas que confusão é essa?

    Querida leitora, relaxaaaaa! Será que você não merece uma vida melhor que ficar batendo cabeça para descobrir se foi traída ou não? Não se contente com tão pouco.

    Se ele te traiu mesmo, você vai descobrir. Acho até que você a essas alturas  já teria descoberto, se não descobriu prova alguma é provável que não tenha rolado nada.

    Não estrague seu namoro por causa de fofoca! Aprenda uma coisa, nessas cidades pequenas poucas pessoas querem o seu bem, oh povinho que gosta de uma intriga...experiência própria. Ainda que ele tenha te traído, ficou claro em todas as versões contraditórias que te contaram, que querem destruir seu relacionamento e te envenenar. Pessoas assim são do mal e  adoram ver os circo pegar fogo.

    Nesta história, se eu fosse escolher alguém para acreditar, escolheria seu namorado, afinal ele está com você a algum tempo e você disse que ele nunca te deu motivo de desconfianças. Não deixe que interferências externas te desestruture, erga a cabeça e fique no salto. Ainda que esteja arrasada, quando essas pessoas te contarem essas coisas, fique por cima e ignore, mas não seja bobinha também, né? Fique atenta, sem ficar paranoica, tenho certeza que a verdade virá a tona.

    Você só precisa se posicionar! Se vai mesmo ficar com ele e passar por cima de tudo isto, nada de mimimi e ciúmes desnecessário, vire a página, vida que segue e confie no seu taco. Nada pior que mulherzinha chata e insegura falando do passado, isso só afasta ele de você e realiza o desejo das  inimiga...ACORDA!!

    Se você descobrir que ele mentiu e decidir perdoar, faça isso de verdade e não fique remoendo essa mágoa dentro de você, se não conseguir perdoar, é melhor terminar e partir pra outra. Afinal esse é só um namorado de muitos que você ainda vai ter. Vocês novinhas, precisam encarar essas histórias com menos apego, ele não é o último macho da face da terra! Nessa idade você tem mais é que curtir a vida, não leve esse tipo de coisa tão a sério!

    Se decidir seguir em frente com o namoro, até que se prove o contrário, seu namorado é inocente. Dê a ele um voto de confiança, mas sempre mantenha os pés no chão e os olhos bem abertos.

    Fique tranquila, pois não existe crime perfeito.

    Beijos e boa sorte!

    Ísis20150706-isis-toth.jpg (640×120)

    As informações postadas aqui são opiniões baseadas em experiências pessoais e conhecimentos empíricos das relações humanas, não há compromisso teórico ou ético com qualquer abordagem psicanalítica ou corrente terapêutica. Não fazemos análise ou praticamos qualquer método de tratamento através das sugestões e opiniões aqui postadas. É de responsabilidade de cada internauta procurar ajuda profissional de um Psicólogo ou Psicanalista para si e seus familiares e não cabe ao colaborador deste blog traçar perfis psicológicos ou dar quaisquer diagnósticos.

     

    Maquia e fala – Preparando para as gravações da semana!

    26.08.15 Postado por Neguinha | Categoria: Vlog Mete a Colher

    Que tal jogar uma conversa fora?! Enquanto me preparava para as gravações dessa semana, respondi algumas perguntas deixadas em outro vídeo do canal e falei mais um tanto… vamos lá?!

    Esmalte: Ludorana – Bruna Marquezine – “menta”

    Envie seu pedido de ajuda para [email protected] ou áudio para o whatsapp (61) 9644.5060

    Facebook – Twitter – Instagram 

    Conselhos da velha prostituta para esposas traídas e para traídas em potencial

    26.08.15 Postado por Ísis Toth | Categoria: E-mail do internauta

    vovó puta velha...

    Prezados leitores (as), esse é um texto de uma série que trata sobre traição e autoestima (link dos textos anteriores abaixo). Em breve teremos os “Conselhos da Velha Prostituta para os Homens que se acham no direito de trair”.

    Não se trata de um artigo científico ou de regras para a vida. Todos aqui são bem grandinhos e não deveriam mais fazer tanta confusão de interpretação. O texto trata, na verdade, de reflexões bem humoradas da vida cotidiana, se você não tem senso de humor, não leia! Se você é amargurado, entende tudo ao pé da letra, não sabe analisar o contexto e só tem maldade nos olhos,  esse texto não é pra você.  E as “pseudo feministas” de plantão, que se sentirem ofendidinhas, achando que a mulher foi inferiorizada, sinto muito, aliás não sinto porcaria nenhuma, isso é complexo de inferioridade de vocês e o universo não tem culpa da sua neurose, procurem outro lugar para destilar suas frustrações e veneno. Esse texto também não é para vocês “feministas” mal amadas, que só atrapalham a vida de mulheres que decidiram ser femininas e não optaram por serem homens de saia e salto alto. 

    De forma alguma os homens foram eximidos de sua parcela de responsabilidade ou foram apoiados em sua atitude desleal e em nenhum momento a traição foi apoiada ou justificada. Infelizmente mulheres “perfeitas” são traídas todos os dias e isso independe de qualquer coisa errada ou certa que elas fazem, pois infelizmente alguns  homens tem a safadeza no DNA, então não existe receita de bolo para evitar a traição.

    Espero que quem tem a mínima capacidade interpretativa e não fugiu da escola ainda no ensino fundamental, entenda com bom humor e coração aberto, algo que foi escrito unicamente para entretenimento e não para orientação terapêutica. 

    Bjs,

    Ísis

    Ele pode estar momentaneamente fiel, isso pode até durar por alguns anos, quem sabe uma encarnação inteira? Mas a cabeça (a de baixo) uma hora pode ceder a grande oferta e as tentações e neste momento todas as promessas feitas na frente do padre serão esquecidas instantaneamente diante de um traseiro grande e uma mente vazia e infelizmente aí começa o drama das traídas. E você? Vai mesmo perder o resto da dignidade que lhe resta dando escândalos e batendo em amante?

    Diante da grande probabilidade de ser traída, não vá entregar os pontos de vez, homem nenhum quer chegar em casa e encontrar a mulher vestida com camiseta furada de vereador. Lembre-se homem é visual. Não precisa estar montada 24 horas por dia, mas convenhamos, nem é para o seu homem, mas por você mesma, cuidados mínimos com a higiene e beleza não podem ser negligenciados. Já depilou a periquita essa semana? E a manicure, está em dia?

    Trabalha fora, tem filhos, precisa cuidar da casa e ainda estar linda e disposta para o sexo? É isso mesmo querida esposa, quem mandou se emancipar? Entenda, para o homem a conta é simples,  se não tem sexo ele provavelmente vai entender que não é amado e que tem motivos mais que suficientes para pular a cerca. Injusto com as mulheres, mas a realidade. Então amiga, se resolveu se casar, ser dona de casa, profissional e mulher, não esqueça que seu marido precisa transar.

    Nada de ficar naquela cozinha engordurada, fedendo a alho, com aquela cara de demônio, enquanto faz a macarronada (prato servido pelo quinto dia seguido) reclamando que não aguenta mais ser escrava. Como você está cuidando do seu lar? Não estou falando da casa física, mas do ambiente e clima que o seu marido encontra todos os dias quando volta do trabalho. Se não há nada de aconchegante e acolhedor na sua casa, para onde você acha que o marido vai? Alguém precisa garantir o trabalho das prostitutas, né? ?Que não seja você com sua atitude displicente!

    Atenção para os pequenos detalhes. As esposas deveriam ser mais estratégicas, não precisa contar para o marido que não vai transar porque está com candidíase ou com crise de hemorróida, a intimidade na medida certa é muito importante, mas em exagero pode ser um verdadeiro balde de água fria. Você é daquelas que espera ir para cama para falar dos problemas financeiros e com os filhos? Pelo amor…depois reclama que o marido dormiu durante o oral?

    Pare de se culpar e se comparar, nem sempre a traição acontece porque a amante é mais bonita e gostosa, tem homem que troca a esposa linda por verdadeiros dragões, o que o homem quer mesmo é coisa diferente, se rolar o anal que não rola com você então, ele não vai ver mais nada na frente a não ser um ânus piscante. Você dá mole na rotina sexual, nada pode que é pecado e tem nojinho de tudo? Repense sua atitude já!

    Não teve jeito e foi traída?  Já que agora o estrago está feito , deixe a posição de vitima de lado. Você precisa decidir se vai perdoar a traição ou vai se separar e seguir em frente, não aja como uma psicopata, não faça ameaças que não tem coragem de cumprir e pare com o drama, não envolva a família inteira e os vizinhos nos seus problemas.

    Também não envolva os filhos nos problemas conjugais, expor crianças a brigas e disputas por pensão e herança é um ato irresponsável, além de destruir a infância delas. Se a separação for a decisão, faça de maneira civilizada e resolvam tudo a dois e de preferência longe da presença dos filhos.

    Se resolveu perdoar, então faça de verdade, nada de jogar na cara do marido que foi traída todos os dias ou a cada discussão. Vai segurar a onda de viver com essa traição, então assuma sua decisão e pare com essa ladainha de mulher traída. Erga a cabeça e viva com isso de maneira civilizada. Controle o ciúmes, você merece muito mais que uma vidinha de fiscal da carteira, celular e computador do marido. O que você pode fazer para confiar mais em você?

     O que está esperando para fazer sua própria lista de atitudes que deve ter para lidar com traição e dar a volta por cima sem perder a pose? Afinal ninguém precisa saber que você está um farrapo humano e que perdeu a vontade de viver, existe vida pós traição, pode acreditar!

     

    Em breve novo texto – Conselhos da Velha Prostituta para os Homens que gostam de trair.

    Leiam também: Conselhos de puta velha para as amantes e Conselhos de puta velha

    20150706-isis-toth.jpg (640×120)

    As informações postadas aqui são opiniões baseadas em experiências pessoais e conhecimentos empíricos das relações humanas, não há compromisso teórico ou ético com qualquer abordagem psicanalítica ou corrente terapêutica. Não fazemos análise ou praticamos qualquer método de tratamento através das sugestões e opiniões aqui postadas. É de responsabilidade de cada internauta procurar ajuda profissional de um Psicólogo ou Psicanalista para si e seus familiares e não cabe ao colaborador deste blog traçar perfis psicológicos ou dar quaisquer diagnósticos.

    O que eu faço? Meu namorado gasta demais e fica atolado em dívidas até o pescoço.

    26.08.15 Postado por Ísis Toth | Categoria: E-mail do internauta

     

    Broken piggy bank

    Broken piggy bank

    Olá. Tenho 25 anos e um namorado de 19. Namoramos a seis meses, gosto muito dele e da família dele. Ele conseguiu o que nenhum outro conseguiu antes, meus pais adoram ele. Nos divertimos muito juntos, mas ele tem algumas coisas que me incomoda muito e eu não tenho coragem de falar. Ele é muito desorganizado com dinheiro, faz contas sem poder e depois fica atolado até o pescoço e tenho que abrir mão das coisas que eu gostaria de fazer porque ele não aceita que eu pague a conta. Sinceramente eu tenho medo que ele nao crie juízo e morro de vergonha quando as pessoas vem me contar que ele está devendo a elas. Eu não queria terminar por isso porque minha família adora ele, mas eu penso no futuro. E se continuar assim? Está fora de controle e ele não está nem ligando. Eu tento falar com ele mas ele acha que está tudo bem. Eu penso em terminar porque fico constrangida com os comentários das pessoas mas não sei se é certo. Me dêem a opinião de vocês.

    Olá querida leitora,

    Você está certíssima em pensar assim, é meio difícil ter um futuro com alguém com esse perfil, mesmo porque você relata já ter tentado falar com ele e parece que nada mudou. Se ele não reconhece que está errado, não pede ajuda e não faz nada para mudar, você precisa pensar duas vezes antes de insistir nesta história.

    Pense em você em primeiro lugar e esqueça a opinião da sua família, afinal quando você estiver infeliz e atolada em dívidas, ninguém vai pagar as suas contas e é provável que todos te deixem sozinha na merda. Quem tem que adorar ele é você e não a sua família, é você que vai ter que conviver com ele. É claro que a opinião dos pais é importantíssima, mas a decisão final é sua.

    Crie coragem e fale com ele de verdade e com firmeza, fale sobre os comentários das pessoas, fale que você não vê futuro para vocês dois se ele continuar desta forma. Indique um curso de administração de finanças pessoais pra ele, afee...Mas isso é fazer papel de mãe?! Então, tá vendo? Você vai querer ser mãe ou mulher dele? Diga tudo que está entalado na sua garganta e te preocupa, dê um choque de realidade neste moço pra ver se ele cresce.

    Se nada mudar caia fora e encontre alguém mais maduro para se relacionar. O namoro é pra isso mesmo, se conhecer e descobrir o que possivelmente pode dar errado, se você já descobriu isso, não negligencie os fatos e faça as escolhas certas agora, pare com esse mimimi de ah eu gosto dele, seja mais racional e prática, encare a realidade, gostar dele vai ser suficiente para superar tudo isso?

    Você vai querer viver como babá de homem gastão? Essa atitude dele pode ser pura imaturidade, mas também pode ser uma falha grave de caráter, afinal qual é o nome de quem gasta demais, deve dinheiro para os outros e não paga?

    Bjs, 

    Isis

     20150706-isis-toth.jpg (640×120)

    As informações postadas aqui são opiniões baseadas em experiências pessoais e conhecimentos empíricos das relações humanas, não há compromisso teórico ou ético com qualquer abordagem psicanalítica ou corrente terapêutica. Não fazemos análise ou praticamos qualquer método de tratamento através das sugestões e opiniões aqui postadas. É de responsabilidade de cada internauta procurar ajuda profissional de um Psicólogo ou Psicanalista para si e seus familiares e não cabe ao colaborador deste blog traçar perfis psicológicos ou dar quaisquer diagnósticos.

    Apelo de um pai desesperado: Minha família está uma bagunça!

    25.08.15 Postado por Ísis Toth | Categoria: E-mail do internauta

    conflito

    Oi pessoal adoro vocês  seus vídeos, sou inscrito no canal e realmente estou precisando de ajuda.
    Meu nome é R tenho 31 anos Rio de Janeiro e estou casado com a P de 32 anos, casado a 2 anos e 11 meses mas o meu casamento está morrendo por que amo essa mulher mas o ciúme e as desconfianças dela acabam comigo. Sei que errei pois ninguém é perfeito mas o fato é que em todas as nossas brigas ela joga isto na minha cara. Diz que eu já trai, não passo confiança, não tenho atitude de homem casado, não saio dos grupos da zap, não sou carinhoso, que eu sou mentiroso, moleque, que eu não estou satisfeito com a mulher que eu tenho em casa, pois tenho vídeos pornô no celular e várias outras coisas.
    Sendo que nós brigamos muito e por causa disto eu acabei ficando com uma outra mulher e por sua vez fez a mesma coisa ficou com outro homem, eu to superando mas ela diz que da minha parte foi traição pois a mulher de onde eu trabalhava.
    E tem mais ela tem 3 filhos a menina saiu de casa e esta vivendo sua vida mas ainda temos 2 garotos, 1° L de 16 anos e o 2° G de 13 anos, o que me irrita é que eles apesar de acatar oque a mãe manda mas eles não tem respeito algum com ela e isso acaba comigo e eu já disse a ela que ela tem que ter pulso firme com eles porém a P sempre diz que isso é apenas uma fase deles que vai passar por isso deixa eles e não toma nenhuma atitude com os garotos.
    Eles saem e não dão uma satisfação pra aonde vai, o mais novo mija na cama e não lava as roupas, temos um pequeno quintal aqui e ninguém se preocupa em limpar se não mandar ninguém limpa muita coisa que eles deixam a desejar.
    Eu estou no momento desempregado mas sempre trabalhei ela fala que eu pego no pé deles por que só vivo em casa coçando…..
    O L trabalha no McDonald e estuda e sempre diz que não faz nada por que não da tempo e na suas folgas está muito cansado e dorme.
    O G fala que não faz nada por seu irmão não fez e ele não vai fazer tudo sozinho.
    Eu até arrumo a casa, limpo o quintal,coloco as roupas na máquina,estendo,dobro,guardo, adianto a comida para que a P quando chegar não precise fazer tudo isso mas também tem dias que eu não estou afim de fazer então a casa fica uma zona.
    Preciso muito da ajuda de vcs pois já não sei o que fazer,estamos brigando todos os dias por causa de tudo, ela joga muita coisa na minha cara, e cobro ela de ter atitude com os garotos ciúmes e isso só desgasta o nosso relacionamento que começou tão bem e bonito.

    Não sei como vcs vão responder a este apelo de um admirador mas se caso for pelos vídeos no canal do YouTube teria como né avisar !!
    Obrigadíssimo pelas dicas, pelas gargalhadas, conselhos do canal espero que vcs sejam muito felizes bola pra frente por que atrás vem gente ……
    Valeuuuu

    Olá querido R,

    A Neguinha e o More me deram mais essa missão de responsa, espero poder ajudá-lo, mas você precisa querer se ajudar também.

    Vamos dividir as responsabilidades nesta bagunça? Vocês dois estão errando igualmente no casamento e isso está refletindo diretamente no comportamento dos filhos.Tentem filtrar esse problemas e se resolvam entre quatro paredes. É responsabilidade de vocês dois não expor essa crise. Lembrem-se, vocês são os maiores modelos de conduta e comportamento deles e se eles estão como você descreveu, onde acha que estão aprendendo?

    Quando decidimos casar com alguém não dá pra manter o mesmo comportamento de solteiro. As reclamações da sua esposa não são injustas, a não ser que ela seja uma louca mentirosa, e você não faz nada do que relatou acima, sua atitude está errada sim.

    Você é um homem casado, será que você percebeu que a vida mudou e que é necessário abrir mão de algumas coisas? As responsabilidades aumentaram, a rotina é diferente e os compromissos também. Quer continuar vivendo como um garotão solteiro?

    É bem típico de marido com síndrome de solteirice, reclamar da casa suja, da esposa chata e da má educação dos filhos. E você está exercendo o papel que lhe cabe neste relacionamento? Pelo que entendi, sua esposa trabalha fora. Você acha que é possível manter tudo impecável?

    E pra culminar toda essa situação uma traição cruzada?! Usar as brigas como desculpa para trair? Ninguém induz ninguém a nada, você traiu porque quis. E quer saber? Ela errou em te trair também, mas achei tão bem feito pra você! Às vezes as pessoas só aprendem recebendo o troco na mesma moeda.

    Se quer continuar casado mesmo, comece a fazer terapia de casal já! A confusão de papéis e a falta de cumplicidade e confiança entre vocês, precisa ser resolvida e isso só com um Psicologo ou Psicanalista. Se está desempregado e sem grana, tem várias clínicas sociais que cobram valores simbólicos, procure uma perto de você.

    Por favor, ocupe o seu lugar de pai e coloque ordem nesta casa, faça sua parte cuidando da sua esposa e dos seus filhos. Essa confiança mútua precisa ser restabelecida e algumas renúncias precisam ser feitas dos dois lados. 

    Tenha uma conversa séria com sua esposa e entenda se ela quer te perdoar e colocar uma pedra em cima da traição ou se vai continuar com essa mágoa. Entrem em acordo, quem vai fazer o que em casa, quais são os papéis? Você em contra partida, dê algo em troca, pare com essa bandalheira em whats app, chame ela pra assistir o pornô com você. Não dar carinho pra esposa que você diz que ama? Pelo amor...tá na hora de dar uma apimentada neste casamento, mas acima de tudo, quem quer receber, precisa também oferecer algo. 

    Talvez essa não é a resposta que você gostaria de receber, afinal não é fácil olhar para si mesmo e assumir os próprios defeitos e responsabilidades, mas acredite, esse é o melhor caminho, você não vai consertar seu casamento se não consertar você primeiro. Assuma sua parcela de culpa em tudo isso, de verdade!!

    Após tudo isso, se as coisas não melhorarem, acredito que você vai ter que decidir se quer realmente continuar com essa relação, afinal ninguém merece viver infeliz entre quatro paredes.

    Do fundo do meu coração, te desejo boa sorte!

    Ísis20150706-isis-toth.jpg (640×120)

    As informações postadas aqui são opiniões baseadas em experiências pessoais e conhecimentos empíricos das relações humanas, não há compromisso teórico ou ético com qualquer abordagem psicanalítica ou corrente terapêutica. Não fazemos análise ou praticamos qualquer método de tratamento através das sugestões e opiniões aqui postadas. É de responsabilidade de cada internauta procurar ajuda profissional de um Psicólogo ou Psicanalista para si e seus familiares e não cabe ao colaborador deste blog traçar perfis psicológicos ou dar quaisquer diagnósticos.

     

    Decepção amorosa, filha do marido e virjão – #MeteResponde

    25.08.15 Postado por Neguinha | Categoria: Vlog Mete a Colher

    Envie seu pedido de ajuda para [email protected] ou áudio para o whatsapp (61) 9644.5060

    Facebook – Twitter – Instagram 

    Fiquei com o amigo do meu marido e pior… quero de novo!

    24.08.15 Postado por Ísis Toth | Categoria: E-mail do internauta

    pulando a cerca

    Olá, boa noite,

    Tenho 22 anos e sou casada a 1 ano e meio

    A alguns meses meu marido(não no papel) começou em um novo emprego e conheceu um amigo que está cada vez mais presente conosco. Desde a primeira vez que nos vimos nos demos muito bem, quando conversamos até esquecemos que meu marido está na conversa, e desde a primeira vez me senti muito atraída por ele e senti que ele por mim também. Conversamos sobre tudo, até tento arranjar amigas para ele, pensamos muito parecido e ele nem precisa acabar a frase pra eu saber oque ele vai dizer.Os meses foram passando até que semana passada fomos a uma festa nós 3 e acabamos dormindo na casa dele, e então aconteceu que eu e o amigo ficamos (eu fui beber água quando meu marido já estava deitado, passei por ele e fui pra cozinha, quando estava voltando ele estava só de toalha.. resolvi dar um abraço de boa noite, beijei o pescoço dele e então ele me beijou) Eu não paro de pensar nisso, gostei muito, e pior, quero de novo e quero até mais.Mas tenho certeza que é só desejo mesmo, nada de amor, apenas desejo da minha parte e acredito que da dele também. Só que agora não sei oque fazer.. se tomo a iniciativa de ligar pra esse amigo pra nos encontrarmos, se na próxima vez que nos vermos eu tomo a iniciativa ou espero ele agir ( sei que não é um conselho ‘certo’ por se tratar de traição) mas quero muito uma ajuda porque não sei o que se passa na cabeça dele, não sei se eu tomei a iniciativa demais, ou se por ele ter me beijado mostra que ele também queria.  Estou na dúvida se ele se arrependeu de fazer isso com o amigo ou se não vê a hora de acontecer de novo assim como eu. Preciso de uma opinião de alguém de fora!!

    Obrigada, beeijos

    Hein?! Você acha mesmo que precisa de uma opinião ou sua decisão já está tomada? Você vai destruir seu relacionamento por causa de um desejo puramente físico? Você é livre pra fazer o que quiser a vida é sua, mas depois vai aguentar o peso da culpa? Embora eu não tenha percebido nenhum resquício deste sentimento no seu e-mail...

    Será que você não consegue segurar a própria periquita dentro da calcinha e ser fiel ao seu marido? Ou se o relacionamento não está legal a ponto de você querer traí-lo e sentir tanto tesão por outro cara, deveria ter uma atitude mais honesta. Você acha que trair é a melhor maneira de lidar com isso? 

    Por que essa necessidade de ficar com outra pessoa? E o que é pior com o amigo dele?! Você tá querendo ver uma tragédia acontecer?

    Acho que você ao invés de ficar pensando se trai ou não trai, ou se o cara vai querer te comer ou não, deveria reavaliar seu casamento e se colocar no lugar do seu parceiro. No seu e-mail não teve ao menos uma palavra que demonstrasse a mínima consideração com o seu marido. Que casamento é esse?

    E se fosse ele te traindo com sua amiga do trabalho, você iria gostar?

    Não apoio traição, então você pediu opinião para a pessoa errada, sinto muito! Acho que você deve, na verdade, consultar a sua consciência, se é que você tem uma. Não estou aqui para te julgar, mas também não vou apoiar a sua futilidade.

    Tenha consideração pela pessoa que está ao seu lado e não brinque assim com as pessoas, cuidado para não ser a maior prejudicada nesta história, se continuar agindo com tanta imaturidade, isso tudo pode terminar muito mal.

    Ísis20150706-isis-toth.jpg (640×120)

    As informações postadas aqui são opiniões baseadas em experiências pessoais e conhecimentos empíricos das relações humanas, não há compromisso teórico ou ético com qualquer abordagem psicanalítica ou corrente terapêutica. Não fazemos análise ou praticamos qualquer método de tratamento através das sugestões e opiniões aqui postadas. É de responsabilidade de cada internauta procurar ajuda profissional de um Psicólogo ou Psicanalista para si e seus familiares e não cabe ao colaborador deste blog traçar perfis psicológicos ou dar quaisquer diagnósticos.

    “Me sinto pior que uma formiguinha”

    21.08.15 Postado por Neguinha | Categoria: Vlog Mete a Colher

    Quem nunca passou por alguma situação parecida, né?! Vamos ajudar a coleguinha, participem nos comentários!

    Envie seu pedido de ajuda para [email protected] ou áudio para o whatsapp (61) 9644.5060

    Facebook – Twitter – Instagram 

    Minha namorada diz que não gosta de homem grudento, mas não consigo ser diferente

    21.08.15 Postado por Ísis Toth | Categoria: E-mail do internauta

     

    gordinho 2

    Isis, Bom Dia!

    Tenho 25 anos, sou gordinho, não tenho uma Alto-Estima muito boa, e tenho MUITA ansiedade… Me consulto com um Psiquiatra, e atualmente tomo Sertralina, e Depakote ER, para previnir os descontroles de humor! Nunca fui muito popular com garotas e sempre me senti muito sozinho e carente!  Conheci uma menina, a 6 meses, por um Grupo de WhatsApp em comum, e começamos a namorar… Desde o antes de começarmos a namorar, ela já havia me falado que tinha uma filha, de 8 anos de idade… Eu nunca tinha me relacionado com ninguém que tivesse um filho!  

    No Começo do namoro, apesar de morarmos distantes, nos víamos praticamente todos os dias, e tínhamos uma química muito bacana…

    Sempre que estávamos sozinhos, a gente ficava de pegação e o sexo era ótimo e frequente… Como sempre me senti um pouco carente, me sentia nas nuvens com nosso relacionamento.

    Acontece que, com o passar do tempo, as coisas começaram a mudar… eu comecei a conviver mais com a filha dela, e como a menina ficava na casa da avó (parte de Pai), começamos a não nos ver mais com tanta frequência, pois ela gostava de chegar mais cedo para ficar com a menina!  

    Ela tem um temperamento muito forte, e é muito bem resolvida com a vida dela… Trabalha somente na parte da tarde, e fica a manha inteira com a filha!    

    Quando começamos a nos ver apenas de fins de semana, ela dizia que para ela era suficiente, enquanto eu ficava com saudades.

    Conforme o relacionamento foi se desenrolando, eu fui pegando amizade com a menina dela (Apesar de eu querer muito, ter filhos, eu não consigo estreitar relacionamentos com crianças, sou “travado” até com meus sobrinhos) e estava indo tudo certo… Porém, eu não sentia mais, que ela se esforçava pra gente ter nosso tempo junto!! Nos víamos somente de fins de semana, e como a filha é muito apegada a mãe… quase nunca a gente conseguia namorar e ficar junto e consequentemente sem sexo, que no começo acontecia  3, 4 vezes na semana, com apenas 5 meses de namoro tinha se tornado 15, 20 dias sem transar! Comecei a cobrar dela, isso, e ela sempre deixou claro, por diversas vezes, que ela não gostava de grude, que não gostava de ficar muito junto e que por experiencias do passado, ela poderia não ser, o que eu procurava e precisava!          

    Sempre tivemos um relacionamento muito agitado, sempre viajamos, fomos a shows, teatros… tínhamos uma vida bem agitada nos finais de semana! Nosso relacionamento começou a ficar desestabilizado e com o tempo, a ideia de terminar, começou a rondar minha cabeça! Sei que é absurdo, eu sentir ciumes de um filho, e que não tem cabimento, eu exigir dela, que ela retire um pouco do tempo que fica com a filha e de esse tempo pra gente! Porém, como sou Muito apegado, eu sempre fiz tudo, eu sempre ia dormir na casa dela, da avó, da irmã dela, sempre tentando arrumar um jeito de estar perto dela… e não sentia que ela aproveitava as oportunidades da mesma maneira que eu tentava aproveitar, e comecei a me sentir desvalorizado! Sexta feira passada, começamos a conversar, e acabei falando coisas demais, e acabou que terminei nosso namoro! Porem, assim que terminei, me bateu arrependimento, pois amo ela demais, e sei que nosso futuro pode ser brilhante juntos… Um pouco disso, lá no fundo, pode ser uma idéia (Absurda) que eu nunca mais vou encontrar ninguém… Pois sou gordo, ansioso, e tudo mais!  

    Esses últimos dias, tem sido difíceis, não tenho conseguido comer, e só tenho dormido, por que estou usando Stillnox… Penso nela o dia Todo e tenho chorado bastante! Porem, durante alguns momentos, pareço ter um insight, e me lembro de todas as vezes que chorei, que me senti mal, que me senti desprezado e acabo entendendo que foi melhor assim, haviam dias, que ela ficava de “TPM” e não me chamava no Whatsapp e quando me chamava, me tratava mal, até tínhamos uma brincadeira, de chama-la de ogrinha… E eu sempre dando o braço a torcer… Todas as vezes, que conversava e discutia com ela, sempre ficava o sentimento de que ela estava certa e eu errado!    

    Isis, sinceramente, sei que sou imaturo, sei que fui criança!!! Por isso te peço ajuda… Sábado, minha mãe havia combinado um “Passeio” com a mãe dela, e como vou levar a minha mãe ate a casa da avó dela,  eu provavelmente vou vê-la… E não sei o que faço… Se Tento conversar e voltar, se deixo isso pra la… Estou perdido!

    Por favor, meta a colher e me ajuda!

    Olá querido leitor,

    Além de ir ao Psiquiatra e se medicar, o que mais você está fazendo para melhorar sua autoestima e diminuir essa ansiedade? O que você está fazendo para resolver esse problema com o excesso de peso, vai aprender a se amar assim ou vai optar por emagrecer? Você precisa se cuidar em primeiro lugar, se toma tantos medicamentos por que ainda tem vários sintomas? Já cogitou em procurar ajuda psicológica também, talvez um Psicanalista? Não adianta apenas cuidar da parte física, tem que cuidar da cabeça e resolver esses conflitos internos. Reavalie os tratamentos que você faz atualmente e veja se não encontra alternativas mais eficazes.

    Quanto ao seu relacionamento com sua namorada, é complicado você pedir para uma mulher tão independente que te dê atenção integral. Mulher nenhuma gosta de homem pegajoso demais e por isso a frequência dos encontros de vocês começou a diminuir a cada dia até que vocês terminaram o namoro. Você precisa dar espaço para essa moça e se comportar como um homem e não como um filho, pois ela não precisa de mais um responsabilidade. Você também precisa ver ela como uma mulher e não como uma mãe que você fica pendurado na teta maior parte do dia. Isso é ser independente emocionalmente e também respeitar a individualidade do outro, dando a ele o papel que lhe cabe e não o que você quer que ele exerça.

    Enquanto você não resolver esses problemas psicológicos e aprender que algumas coisas só você pode dar a si mesmo, não vai ser bem sucedido no relacionamento com o sexo oposto.

    Você precisa se aceitar e não depender da aceitação do outro, faça algo por você, vá praticar um esporte, faça uma viagem super legal, se coloque em primeiro lugar e amplie esse mundinho de ficar no pé da namorada. Ela percebendo isso, se gostar mesmo de você, vai achar sua companhia mais interessante.

    Pense nisto e boa sorte!

    Ísis20150706-isis-toth.jpg (640×120)

    As informações postadas aqui são opiniões baseadas em experiências pessoais e conhecimentos empíricos das relações humanas, não há compromisso teórico ou ético com qualquer abordagem psicanalítica ou corrente terapêutica. Não fazemos análise ou praticamos qualquer método de tratamento através das sugestões e opiniões aqui postadas. É de responsabilidade de cada internauta procurar ajuda profissional de um Psicólogo ou Psicanalista para si e seus familiares e não cabe ao colaborador deste blog traçar perfis psicológicos ou dar quaisquer diagnósticos.

    “comprados” do Hell

    20.08.15 Postado por Neguinha | Categoria: Vlog Mete a Colher

    Um vídeo para os interessados em adquirir produtos Dell, hoje o Hell vai mostrar melhor o Inspirion modelo 155548 e outros acessórios da marca.

    ————————– LINKS ABAIXO —————————————

    Mouse óptico wireless Dell WM324

    Notebook Inspiron 15 Série 5000 Special Edition

    Mochila Dell Tek de 15,6 polegadas

    Mochila Fancier King Kong 30  (eu comprei na Feira dos Importados em Brasília, por R$375,00.. mas nesse site você consegue comprar bem mais barato, por R$289,00)

    Bolsa Rezo 170 AW Lowepro (Também comprei na Feira dos Importados, por R$190,00… mas nesse site encontrei por R$160,55)

    ————————– ENCONTRE A GENTE! ————————–

    Envie seu pedido de ajuda para [email protected] ou áudio para o whatsapp (61) 9644.5060

    Facebook – Twitter Instagram 

    Não quero ser amante: como saber se tenho chance de virar a oficial?

    20.08.15 Postado por Ísis Toth | Categoria: E-mail do internauta

    anjo e demonio

     

    Oi, Isis!

    Antes de começar,tenho que dizer que estou adorando suas intervenções no Mete ^^

    Bom, vamos ao que interessa. Semana passada, vi um email de uma menina em situação parecida com a minha: apaixonada por homem comprometido.

    A situação é a seguinte: mudei de cidade e arrumei um novo emprego nesse lugar. No emprego, conheci o X e de cara ficamos muito amigos, temos muita afinidade, mesmos gostos, enfim, a empatia foi imediata. O X, por coincidência, também é de fora e mora na rua de baixo da minha. Então, como somos dois perdidos na cidade grande, acabamos passando muito tempo juntos, inclusive indo de carona para o trabalho, almoçando e jantando juntos.

    Acontece que X é comprometido. Namora a 7 anos, está noivo e vai casar no fim do ano. A noiva de X mora em outra cidade, pretende vir para cá daqui uns 5 anos (razões que não vêm ao caso agora), mas agora estão mantendo um relacionamento a distância, se vendo a cada 15 dias.

    Então, estou no meio desse rolo ! Conviver todo o dia com um cara que me dou SUPER bem mas sei que ele é comprometido.

    Não rolou nada entre a gente, mas já houve algumas insinuações. Ele já me disse coisas do tipo: “se alguém fizer algo de mal a você, vai se ver comigo”. Até teve uma vez que eu saí para a night, fiquei com um carinha, X ficou sabendo e ficou enciumado. Mas nunca sei se ele está sendo protetor (tipo irmão) e estou vendo coisas onde não existem.

    Eu queria mesmo é saber se tenho uma chance, sem virar a amante, a outra. Esse papel não me cai bem e é por isso que nem estou investindo muito na história…não dou abertura, porque meu medo é dar mole e eu virar o lanchinho dele, o passatempo, enquanto ele espera a noivinha visitar.

    E aí? Continuo na minha? Parto para o ataque? Vou para o tira-teima? Me ajudem!

    beijinhos

    Olá querida leitora,

    Essa coisa de estar morando longe de casa é um perigo, as pessoas ficam muito vulneráveis  e confundem tudo. Cuidado para não ver coisa onde não existe nada.

    Vamos considerar os fatos, o boy em questão namora a sete anos, vai se casar e está se mostrando muito protetor com você. Isso pode ser somente coisa de irmão, muito bobo por sinal,  ou é coisa de homem sonso, sem vergonha que está tentando te seduzir. Não deixe que a sua vulnerabilidade prejudique o seu julgamento.

    Se ele já tem planos de casar com a namorada, não quer nada sério com você, ao menos neste momento. Provavelmente quer te seduzir para ter um estepe enquanto a namorada não vem. Continue firme, até agora sua postura está correta. Você não tem mesmo que ser lanchinho dele enquanto a oficial está longe. Eu no seu lugar me afastaria, encontre outros amigos e se possível frequente lugares diferentes, isso vai te proteger de ilusões e te afastar da “tentação”.

    Outra possibilidade é ele não estar bem com a namorada e estar realmente atraído por você e de repente as coisas até podem dar certo entre vocês dois, mas esse ponto é bem delicado e só o tempo vai dizer se isso é real ou não. Não acho seguro se iludir com essa possibilidade e também não é legal entrar nesta história enquanto ele ainda não se definiu.

    Continuar na sua, ir para o ataque ou tirar teima? Eu não optaria por nenhuma das três alternativas, simplesmente sairia de cena e esperaria o tempo passar. Durante a espera continue vivendo e se permitindo conhecer outras pessoas. De repente isso passa e daqui a pouco você descobre que era só carência e que nem gostava tanto assim.

    Não caia na tentação de ficar só por ficar, a não ser que você esteja preparada para brincar com fogo. O problema é que nós mulheres nos apegamos com muita facilidade e ficar com alguém só por aventura é campo minado, mas há quem fique e saia ileso, isso é de cada um.

    De qualquer forma, já está claro que sou contra a traição e contra ficar com que é comprometido, não por questões moralistas, mas simplesmente por não achar inteligente entrar em um relacionamento onde a probabilidade maior  é de se ferrar. Questão prática, sabe? Sem contar que tem muitaaaaa gente livre por aí.

    Dito  tudo isto, resta um detalhe importante. Na vida relações começam e terminam, um dia as coisas podem mudar, ele pode terminar com a namorada e tudo pode dar certo entre vocês dois, mas mantenha os pés no chão, não comece essa história da forma errada e com traição. Se você continuar firme, o que tiver que ser seu virá nas suas mãos, sem que você precise interferir no relacionamento dos outros e também sem peso na consciência por ter se relacionado com um cara enquanto ele ainda estava comprometido. Não dá pra ser certinho o tempo todo, mas quanto mais conseguimos fazer o que é justo, menos culpa sentimos e mais seguros ficamos para desfrutar da felicidade quando ela chegar.

    Bjs

    Ísis

    20150706-isis-toth.jpg (640×120)

    As informações postadas aqui são opiniões baseadas em experiências pessoais e conhecimentos empíricos das relações humanas, não há compromisso teórico ou ético com qualquer abordagem psicanalítica ou corrente terapêutica. Não fazemos análise ou praticamos qualquer método de tratamento através das sugestões e opiniões aqui postadas. É de responsabilidade de cada internauta procurar ajuda profissional de um Psicólogo ou Psicanalista para si e seus familiares e não cabe ao colaborador deste blog traçar perfis psicológicos ou dar quaisquer diagnósticos.

    Receba os vídeos do maior canal de relacionamentos do Brasil em seu e-mail.

    Cadastre seu e-mail para receber os vídeos do Mete a Colher e aprenda mais sobre sexo e relacionamento.

    Respeitamos sua privacidade
    Receba os vídeos do maior canal de relacionamentos do Brasil em seu e-mail.

    Cadastre seu e-mail para receber os vídeos do Mete a Colher e aprenda mais sobre sexo e relacionamento.

    Respeitamos sua privacidade